sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Brasileiro Sub 20: Fluminense e Vitória empatam no Maracanã: 1 a 1

 Fonte: Site Oficial da CBF
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador-BA. (Da redação itinerante do Esporte Comunitário)

Fluminense 1x1 Vitória - Campeonato Brasileiro Sub-20.
Foto: Bruno Haddad / Fluminense FC

A primeira partida da final do Campeonato Brasileiro Sub-20 foi disputada nesta quinta-feira (27), no Maracanã, entre Fluminense e Vitória. Mas os 8.245 torcedores que foram ao jogo, que terminou em 1 a 1, devem ter pensado que assistiam a uma decisão de competição profissional.
Em um jogo muito bem disputado, com ótimas chances para ambos os lados e dois belos gols, o empate persistiu e deixou a decisão em aberto.
O jogo da volta será na próxima quarta-feira, no Estádio Manoel Barradas, também às 16h30. Para ser campeão, o Vitória precisa de um empate por 0 a 0, por ter marcado fora de casa.
O Flu precisa vencer ou empatar por 2 a 2 ou mais.

O primeiro tempo começou com pressão do Vitória.
Mesmo jogando fora de casa, o rubro-negro partiu para cima buscando marcar um gol na casa do adversário.
O time baiano mantinha a posse de bola e buscava criar as oportunidades.
O gol saiu aos 21 minutos. Gabriel recebeu na intermediária e arriscou um chute forte.
A bola bateu na trave e entrou, para alegria dos rubro-negros.
A partir daí, o Fluminense entrou no jogo.
Marquinhos assustou o goleiro Ronaldo na primeira boa chance tricolor.
Depois de um escanteio mal cobrado pelo Vitória, o habilidoso camisa 10 Daniel puxou contra-ataque veloz e serviu Bonilha, que poderia ter chutado, mas preferiu cruzar rasteiro, nas mãos de Ronaldo.
Matheus Pato, artilheiro da competição, também obrigou o goleiro a trabalhar antes do fim da primeira etapa.

Fluminense 1x1 Vitória - Campeonato Brasileiro Sub-20.
Foto: Bruno Haddad / Fluminense FC

Após o intervalo, Ronaldo se credenciou de fato como o melhor jogador do Vitória com inúmeras defesas importantes. A partir dos dez minutos, o Fluminense passou a comandar o jogo em busca do empate. Uma pressão em que os jogadores do time da casa conseguiam manter a posse de bola dentro da campo do adversário, criando uma chance atrás da outra.

Uma das melhores veio em uma jogada de time grande, contando com triangulações e tabelas entre os homens de frente do Flu. Daniel serviu Matheus Pato, que acabou chutando fraco, mas levantando a torcida que estava presente no Maraca. Com isso, o Vitória achou muito espaço para contra-atacar, mas não conseguiu encaixar o último passe.

O empate veio aos 34. Patrick recebeu dentro da área, se livrou da marcação e chutou cruzado, para bater a muralha de nome Ronaldo. A torcida se empolgou e empurrou os jogadores, que buscaram a virada. Após o empate, os dois times se equilibraram, e o Vitória até tentou voltar à frente do marcador, mas não aproveitou as chances. O Flu, com o apoio da torcida, também buscou até o fim sair vencedor, mas sem felicidade. A decisão está totalmente em aberto, e o jogo da semana que vem promete.