quarta-feira, 16 de março de 2016

Fred pode se tornar o maior goleador da Copa do Brasil


Fonte: Site Oficial da CBF
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha-BA (Da redação itinerante do blog Esporte Comunitário)



A Copa do Brasil, que se inicia nesta quarta-feira (16), é famosa por ser a competição mais democrática do calendário anual, já que promove equipes de todas as regiões do país.

A artilharia da competição não foge a essa filosofia.

Em 2004, por exemplo, o ex-meia Dauri, do modesto XV de novembro do Rio Grande do Sul, foi o artilheiro, com oito gols.

No ano seguinte, foi estabelecido o recorde de gols em uma mesma edição, que permanece até os dias de hoje: 14 gols do atacante Fred, então jogador do Cruzeiro.


Se fizer mais três gols neste ano, ele ultrapassa Romário como maior artilheiro da Copa do Brasil. Foto: Nelson Perez / Fluminense F. C.


Onze anos depois, Fred está no Fluminense e se prepara para mais uma Copa do Brasil. O atacante, aliás, tem uma motivação a mais para esta temporada: alcançar o recorde de maior artilheiro de todas as edições.

Ao todo, o camisa 9 tricolor tem 34 gols, dois a menos que o ex-atacante Romário.

Algo que chama atenção sobre Fred é a média de gols na competição, de 0.96.

O dono da maior marca é Luís Fabiano, atualmente no Tianjin Quanjian, da China, de 24 gols em 24 jogos.

Outro atleta que disputará a Copa do Brasil deste ano em busca de um feito de destaque é Gabriel, do Santos.

Artilheiro das últimas duas edições, com seis gols em 2014 e oito em 2015, o atacante busca terminar a competição como maior goleador pela terceira vez consecutiva, algo jamais alcançado.

Caso tenha sucesso, igualaria a marca do ex-atacante Gerson, artilheiro em 1989 e 1991 pelo Atlético-MG e 1992 pelo Internacional.


Artilheiro em 2014 e 2015, gabriel busca um feito inédito: ser o goleador três anos seguidos. Foto: Ivan Storti / Santos FC


Com 86 clubes de Norte a Sul do país, a Copa do Brasil 2016 tem fortes candidatos ao posto de maior goleador.

Será que teremos mais um recorde ou um artilheiro inédito?


Em 2005, quando defendia o cruzeiro, fred se tornou o maior goleador em uma edição, com 14 gols. Créditos: ESPN


Lista de artilheiros:

1989 - Gérson (Atlético-MG): 7 gols
1990 - Bizu (Náutico): 7 gols
1991 - Gérson (Atlético-MG): 6 gols
1992 - Gérson (Internacional): 9 gols
1993 - Gílson (Grêmio): 8 gols
1994 - Paulinho McLaren (Internacional): 6 gols
1995 - Sávio (Flamengo): 7 gols
1996 - Luizão (Palmeiras): 8 gols
1997 - Paulo Nunes (Grêmio): 9 gols
1998 - Romário (Flamengo): 7 gols
1999 - Petkovic (Vitória) e Romário (Flamengo): 8 gols
2000 - Oséas (Cruzeiro): 10 gols
2001 - Washington (Ponte Preta): 11 gols
2002 - Deivid (Corinthians): 13 gols
2003 - Nonato (Bahia): 9 gols
2004 - Alex Alves (Botafogo) e Dauri (15 de Novembro): 8 gols
2005 - Fred (Cruzeiro): 14 gols
2006 - Valdiram (Vasco): 7 gols
2007 - André Lima (Botafogo), Dênis Marques (Atlético-PR)
e Victor Simões (Figueirense) : 5 gols
2008 - Edmundo (Vasco): Romerito (Sport) e Wellington Paulista (Botafogo): 6 gols
2009 - Taison (Internacional): 7 gols
2010 - Neymar (Santos): 11 gols
2011 - Alecsandro (Vasco), Rafael Coelho (Avaí), William Júnior (Avaí),
Adriano (Palmeiras) e Kléber (Palmeiras): 5 gols
2012 - Luís Fabiano (São Paulo): 8 gols
2013 - Hernane (Flamengo): 8 gols
2014 - Gabriel (Santos), Bill (Ceará) e Léo Gamalho (Santa Cruz): 6 gols
2015 - Gabriel (Santos): 8 gols.