quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Copa do Brasil: Com emoção, Santos vence o Palmeiras



Fonte: Site Oficial da CBF
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)

Na Vila Belmiro! Santos e Palmeiras iniciaram a disputa pelo título da Copa do Brasil 2015. Foto: Ivan Storti / Santos FC

Digna de uma final de Copa do Brasil, a partida entre Santos e Palmeiras, nesta quarta-feira (25), na Vila Belmiro, começou eletrizante.



Nos primeiros minutos, do lado do time da casa, pênalti perdido por Gabriel. Logo na sequência, o Alviverde perdeu um de seus principais jogadores, Gabriel Jesus, que deixou o campo chorando após machucar o ombro esquerdo. Superior durante os 90 minutos do primeiro jogo desta decisão, o Santos garantiu um resultado positivo: vitória por 1 a 0.


A grande final da competição será na próxima quarta-feira (2), às 22h00, no Allianz Parque.

O Santos joga com a vantagem do empate para ser campeão.

O Palmeiras precisa vencer por dois gols de diferença e, se devolver o placar ao time santista, a decisão irá para os pênaltis.


Artilheiro da Copa do Brasil, Gabriel marcou pela oitava vez na competição e garantiu a vitória do Santos em cima do Palmeiras na Vila Belmiro. Foto: Ivan Storti/ Santos FC


O jogo

Disputando uma final histórica na Copa do Brasil – a primeira entre times paulistas –, Santos e Palmeiras testaram os corações dos torcedores desde o início da partida.

Aos quatro minutos de jogo, Arouca puxou Ricardo Oliveira dentro da área e o árbitro marcou o pênalti.


Gabriel foi para a cobrança e mandou um chute forte no canto esquerdo de Fernando Prass, mas a bola explodiu na trave.
Era a chance do Santos abrir o placar.

Na sequência, Gabriel Jesus foi cortado pela zaga santista e caiu de mau jeito por cima do ombro esquerdo.
Com muitas dores, o atacante do Palmeiras deixou o campo chorando e deu lugar a Kelvin.

Com a baixa de um de seus principais jogadores, o Palmeiras viu o Santos dominar o jogo e criar as melhores chances de gol.
Em uma delas, Zeca fez ótima jogada pela esquerda, se livrou do marcador e chutou forte para boa defesa de Prass.

Em outra boa oportunidade santista, Lucas Lima escapou da marcação e deixou a sobra para Gabriel, que quase se redimiu pelo pênalti perdido chutando a bola por cima do gol palmeirense.

Perto do fim do primeiro tempo, Victor Ferraz cruzou na pequena área e Ricardo Oliveira obrigou Fernando Prass a fazer um milagre para evitar o gol do Santos.


Clássico eletrizante! Equipes testaram os corações dos torcedores desde o início da partida. Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Os times voltaram para o segundo tempo debaixo de chuva, o que não fez o jogo esfriar. Aos dois minutos, Lucas Lima deu ótimo passe para Gabriel, que dominou, virou e bateu. Fernando Prass, principal destaque do Palmeiras na partida, saiu e fez boa defesa. Apesar de muita movimentação, os times não criaram muito e, as poucas finalizações, não tiveram sucesso.


Em dívida com a torcida após o pênalti perdido, Gabriel se redimiu aos 33 minutos.
O atacante recebeu de Ricardo Oliveira na ponta da área, cortou o volante Amaral e ficou na cara do goleiro Fernando Prass.
Com categoria, o camisa 10 chutou no canto esquerdo do gol e garantiu a vitória do Santos por 1 a 0.