domingo, 15 de novembro de 2015

Botafogo-SP empata com o River e conquista a Série D



Fonte: Site Oficial da CBF
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Arquivo ASES e Google.com.br
Salvador, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)

Foto: divulgação

O Botafogo-SP é o mais novo campeão da Série D do Campeonato Brasileiro! Neste sábado (14), no Alberto Silva, em Teresina (PI), o Pantera segurou o 0 a 0 com o River-PI e conquistou o título nacional – na ida, o clube paulista venceu por 3 a 2. Para assegurar o troféu, o time comandado pelo técnico Marcelo Veiga contou com uma grande atuação do goleiro Neneca e teve que jogar com um homem a menos desde os 10 minutos do segundo tempo, quando teve César Gaúcho expulso.

Vice-campeão, o River já havia garantido o acesso à Série C com a classificação para as semifinais. Além das duas equipes, Ypiranga-RS e Remo também disputarão o Brasileirão da Série C em 2016.

O título é o primeiro a nível nacional do Botafogo, que disputou a Série A do Campeonato Brasileiro em 1999. Fundado em 1918, o clube foi vice-campeão da Série B em 1998 e vice-campeão da Série C em 1996. Em 2001, o Botafogo-SP foi vice-campeão paulista após perder para o Corinthians na final. A grande conquista do Pantera veio em 2010, quando o time se sagrou campeão do interior paulista.

Quase centenário, o clube revelou jogadores de grande destaque no futebol brasileiro, como os irmãos Sócrates e Raí.

Na primeira fase da Série D deste ano, o Botafogo-SP classificou-se graças ao saldo de gols. Após três vitórias, quatro empates e uma derrota, o clube deixou o Gama para trás no critério de desempate e classificou-se para as oitavas de final, quando derrotou o Crac-GO.


Nas quartas de final, o Pantera teve pela frente o São Caetano, uma das sensações do campeonato até então. Em Ribeirão Preto, a equipe venceu por 2 a 1 com a força de sua torcida. Um empate por 0 a 0 no Anacleto Campanella foi o suficiente para a classificação do Botafogo.

Nas semifinais, nova pedreira.

O Botafogo desbancou o Remo com uma vitória dentro de casa por 1 a 0 e novo empate por 0 a 0 longe de seus domínios.
A primeira partida da decisão foi vencida pelo Fogo por 3 a 2 em Ribeirão Preto..