terça-feira, 25 de abril de 2017

Nuzman terá cargo na organização dos Jogos de Tóquio 2020, revela site



Fonte: Super Esportes
Informação: Gazeta Press)
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES) / Reprodução
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Carlos Arthur Nuzman pode integrar comitê organizador dos Jogos em Tóquio

JOGOS OLÍMPICOS


Na segunda-feira, o site Insidethegames afirmou que Carlos Arthur Nuzman, atual presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e que atuou como chefe do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2016, foi convidado para integrar o Comitê de Coordenação de Tóquio 2020. 

De acordo com o site, o convite foi feito pelo próprio presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, em carta enviada nesta segunda, e o brasileiro já teria aceitado o cargo. 

Presidente do COB pode integrar
comitê de Tóquio'2020. Ueslei Marcelino
A intenção é que Nuzman contribua com a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020, após toda a experiência adquirida com a realização dos eventos no Rio de Janeiro no último ano. 

Além de Carlos Arthur, quem também fará parte do Comitê de Coordenação de Tóquio 2020 é Sebastian Coe, que chefiou o Comitê Organizador de Londres 2012 e é o atual presidente da Iaaf (Associação Internacional de Federações de Atletismo). 

Nesta quarta-feira, Nuzman disputa a presidência da Odepa, a Organização Esportiva Panamericana, com outros dois candidatos: o chileno Iván Ilic e o dominicano José Joaquín Puello. 

Em comunicado oficial do COI ao Insidethegames, a entidade afirmou que a indicação de Nuzman ao Comitê de Coordenação de Tóquio 2020 não terá relação com a eleição ou não do brasileiro à presidência da Odepa.