quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Argentina aumenta vantagem sobre Brasil no ranking da Fifa; Camarões se destaca



Fonte: Super Esportes (Agência Estado)
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES)
Salvador, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)



Seleção Argentina, de Lionel Messi, segue à frente do Brasil, de Neymar, com ligeira vantagem. (AFP)

RANKING DA FIFA

Apesar da expectativa gerada sobre a vitória da Seleção Brasileira sobre a Colômbia, em amistoso festivo em janeiro, o time nacional viu a Argentina aumentar a vantagem na liderança do ranking da Fifa. Os líderes ampliaram de 90 para 106 pontos a dianteira no topo da tabela. A seleção comandada pelo técnico Tite segue em segundo lugar.

A equipe da Argentina, mesmo sem brilhar nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, ocupa o primeiro posto do ranking da Fifa com 1.635 pontos. O Brasil tem 1.529. Alemanha, Chile e Bélgica vêm logo atrás numa lista de poucas mudanças em razão do menor número de jogos entre as seleções em janeiro, apenas 60 partidas - não há data Fifa no mês.


Apesar de vitória sobre Colômbia, Seleção Brasileira não atinge topo da lista

Na única mudança no Top 10, a França ganhou um posto e figura agora em sexto lugar, empurrando a Colômbia para o sétimo posto. Os colombianos foram derrotados pelo Brasil por 1 a 0 no fim de janeiro em amistoso para arrecadar fundos para as famílias das vítimas do voo da Chapecoense. Portugal, Uruguai e Espanha completam o Top 10.


A maior movimentação no ranking foi protagonizada pelos times africanos, por conta da disputa da Copa Africana de Nações. Campeão, Camarões foi o maior destaque, galgando 29 posições. O time ocupa agora a 33ª colocação. O Egito, vice-campeão, subiu 12 lugares e está em 23º lugar.


A próxima atualização do ranking da Fifa acontecerá no dia 9 de março, referente aos jogos de fevereiro. Assim como janeiro, não há datas Fifa no segundo mês do ano.



Confira abaixo os 20 primeiros colocados do ranking da Fifa:

1º - Argentina, 1.635 pontos
2º - Brasil, 1.529
3º - Alemanha, 1.433
4º - Chile, 1.386
5º - Bélgica, 1.371
6º - França, 1.313
7º - Colômbia, 1.304
8º - Portugal, 1.240
9º - Uruguai, 1.195
10º - Espanha, 1.168
11º - Suíça, 1.140
12º - País de Gales, 1.120
13º - Inglaterra, 1.113
14º - Polônia, 1.101
15º - Itália, 1.087
16º - Croácia, 1.039
17º - México, 1.016
18º - Peru, 965
19º - Costa Rica, 948
20º - Islândia, 899