terça-feira, 24 de maio de 2016

Rio 2016: Grupos do vôlei feminino na Olimpíada são definidos e Brasil encara Rússia na primeira fase


Fonte: SuperesportesInformações: Gazeta Press
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Japão, Coreia do Sul, Argentina e Camarões completam o grupo A da competição.


Após a classificação de Porto Rico neste domingo para a última vaga do vôlei feminino dos Jogos Olímpicos, os grupos da modalidade foram sorteados na manhã desta segunda-feira em Lausanne, na Suíça. A Seleção Brasileira vai reeditar a final das Olimpíadas de 2008 já na primeira fase, contra a Rússia.


Um dos maiores clássicos do voleibol, Brasil e Rússia também se enfrentaram na fase de grupos dos Jogos de Pequim antes de se enfrentaram na final do torneio. Em 2012, as equipes também se enfrentaram, desta vez nas quartas de final, em uma das viradas mais épicas dos Jogos Olímpicos. Na ocasião, as brasileiras estavam perdendo por 2 sets a 1 e reverteram a partida com direito a 21/19 no tiebreak, abrindo caminho para o bicampeonato olímpico. Caso as equipes confirmem seu favoritismo e terminem a primeira fase nas duas primeiras colocações, a final de oito anos atrás tem grandes chances de acontecer novamente.


Brasil terá Rússia, Japão, Coreia do Sul, Argentina e Camarões
como adversários na primeira fase no Rio

Japão, Coreia do Sul, Argentina e Camarões completam o grupo A da competição. As japonesas são as atuais medalhistas de bronze do vôlei feminino, tendo caído na semifinal de 2012 para o Brasil e derrotado a Coreia na disputa pelo terceiro lugar no pódio. A albiceleste e a delegação africana farão sua primeira aparição nos Jogos Olímpicos.

Na outra chave, as medalhistas de prata em Londres, 2012, Estados Unidos, enfrentarão China, Sérvia, Italia, Holanda e Porto Rico. As chinesas, em constante evolução e com um time muito alto, terão a oportunidade de devolver a derrota na final do Mundial para as estadunidenses.




A Sérvia tentará se reerguer no cenário do vôlei mundial após deixar os Jogos de Londres sem uma vitória sequer. Enquanto isso, a Itália busca conquistar mais do que as quartas de final da última competição, quando a equipe fez excelente primeira fase, mas caiu para a Coreia do Sul na eliminatória.


As competições do vôlei feminino começam no dia seis de agosto, logo após a abertura, e a grande final acontece apenas no último dia do evento. Presente nas Olimpíadas desde Tóquio-1964, o vôlei feminino tem a União Soviética como maior campeã. São quatro títulos para o antigo país europeu, enquanto Cuba foi hegemônica entre Barcelona-1992 e Sidnei-2000, conquistando três vezes o lugar mais alto do pódio. Japão, China e Brasil têm duas medalhas de ouro cada, com as brasileiras sendo as atuais bicampeãs da competição.