sexta-feira, 11 de março de 2016

Copa Verde: Vila Nova goleia Luverdense e fica perto das quartas


Fonte: Futebol Interior
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Arquivo ASES e Google.com.br
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


O Tigre não tomou conhecimento do rival, que esteve longe de suas exibições no Estadual

Fazendo sua terceira exibição na Copa Verde - teve que participar da preliminar, na qual bateu o Brasília -, o Vila Nova não tomou conhecimento do Luverdense e venceu por 4 a 0 em partida realizada na noite desta quinta-feira, no Estádio Serra Dourada, pelas oitavas de final.
A partida marcou a estreia de Leandro Niehues no comando do Tigre. Ele já havia treinado o LEC em 2015.

Com o resultado, o Vila Nova ficou com os dois pés na próxima fase. O Tigre pode perder por até três gols de diferença na quinta, às 21h30, no Passo das Emas, que avança às quartas de final. O Luverdense precisa de quatro para levar para as penalidades máximas.

Imagem: Reprodução

QUE SHOW...

O Vila Nova fez um primeiro tempo perfeito diante do Luverdense. O Tigre tomou conta do jogo do início ao fim e construiu um grande resultado, que começou logo aos sete minutos. Dudu achou Luis Fernando livre dentro da área. O atacante só teve o trabalho de chutar no canto esquerdo do goleiro Gabriel para abrir o marcador. A pressão seguiu após o gol.

Vila Nova passa por cima do Luverdense na Copa Verde

Aos 12 minutos, Patrick foi para a jogada individual pelo lado esquerdo de capo e cruzou para Dudu, que mandou de perna direita para o fundo das redes. O time emergente do Mato Grosso fazia uma exibição disntante das que proporcionou no Estadual, esteve totalmente perdido e ainda sofreu o terceiro aos 41. Zotti recebeu de Robston, dominou e chutou para fazer o seu.

Sentindo que poderia liquidar a fatura nos primeiros 45 minutos, o Tigre continuou no ataque e fez o quarto gol aos 44 minutos. Dudu cobrou falta na cabeça de Robston, que desviou. A bola achou Anderson, que testou firme para formar a goleada. Curiosamente, o artilheiro do time, Frontine, passou em branco.

Imagem: Reprodução

LEC ACORDOU, MAS...

No segundo tempo, o Luverdense mostrou ser aquele time emergente que já brigou pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Atrás do placar, o LEC aproveitou os buracos que o Vila Nova deixava para tentar diminuiu. Aos 12 minutos, Alfredo passou como quis por Anderson, invadiu a área, mas chutou por cima. No lance seguinte, o atacante desperdiçou outra boa oportunidade ao jogar na trave.

O Vila Nova cozinhou a partida no restante do tempo e teve sorte de não tomar um gol do Luverdense, que foi corajoso ao fazer uma pressão no final. Antes do apito final, o Tigre comemorou como se fosse gol uma bola que parou no travessão. Não era o dia do Lec.

Vila Nova-GO 4x0 Luverdense-MT

Gols: Luís Fernando (7'), Dudu (13'), Zotti (41') e Anderson( 45').
               

Oitavas de Final / 1ª rodada
Quinta-feira, 10/03, âs 21h30
Local: Serra Dourada - Goiânia (GO)

Renda:
R$ 19.043,00
Público:
2.588 pagantes.



ARBITRAGEM
Árbitro Central: Rodrigo Raposo (DF)
Assistente 1: Igor Monteiro (GO)
Assistente 2:  Tiago Gomes (GO)



Cartões Amarelos:
Dudu, Douglas Assis (Vila Nova)
Rafael Silva (Luverdense-MT)



Vila Nova-GO
Wagner Bueno;  Douglas Assis, Reginaldo, Anderson e Patrick;
Leandro, Luís Fernando (Victor Bolt), Robston (Vitor Rossini), Zotti e Dudu (Mateus Anderson); Frontini. Técnico: Leandro Niehues.



Luverdense-MT
Gabriel Leite; Gabriel Passos, Luiz Otávio, Everton e Mateus Leoni;
Mauricio Nunes (Caio), Sérgio Motta (Neverton), Gustavo Marmentini (Guaraci) e Vitinho; Rafael Silva e Alfredo. Técnico: Junior Rocha.



JOGOS REALIZADOS:
Imagens: Futebol Interior

ARTILHEIROS
Arte montagem: Jorge Luiz da Silva