quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Boas Festas e Feliz Ano Novo




A Assessoria Esportiva Serrinhense (ASES) e o Blog ESPORTE COMUNITÁRIO, em nome dos dirigentes que fazem parte do apaixonante futebol tornam público os nossos votos de saúde, paz e prosperidade.
Lembrando que uma vitória sempre nos leva a outra batalha em busca de uma vida mais justa.



Os integrantes do Blog MUSIBOL desejam a todos que acessam as páginas desse informativo virtual toda a felicidade do mundo na concretização dos seus projetos, na realização dos seus sonhos e desejos.



Que todos possam ainda colher os frutos das sementes plantadas em 2015.

A equipe da JOLUSI FM deseja aos internautas que também amam a música: Feliz e próspero ano novo.


Que 2016 seja repleto de harmonia para que possamos orquestrar uma caminhada de sucessos.
E que acima de tudo tenhamos a cada instante a benção do nosso bom Deus.

São os votos, em especial, de Jorge Luiz da Silva e família para você e a sua família.




Siga: @jolusi54 no Twitter
jorge.luizdasilva.564 no Facebook



Veja todos os campeões no Brasil em 2015


Fonte: Verminosos por futebol.com.br
Texto: Rafael Luis Azevedo
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)
Clubes campeões de cada estado na temporada 2015
Foto: O Curioso do Futebol


Quem foram os campeões de todos os campeonatos do futebol brasileiro na temporada 2015?

O blog O Curioso do Futebol fez esse levantamento, incluindo todas as divisões dos torneios estaduais, além das copas estaduais e regionais e as competições nacionais.

A pesquisa de Victor de Andrade, listada abaixo, contabiliza o número de títulos de cada campeão no campeonato.

Vale conferir.

Região Norte:

ACRE
Campeonato Acriano: Rio Branco (45º título)
Segunda Divisão: Andirá (2º título)

AMAPÁ
Campeonato Amapaense: Santos (4º título)

AMAZONAS
Campeonato Amazonense: Nacional (43º título)
Copa Amazonas: Fast (1º título)

PARÁ
Campeonato Paraense: Remo (44º título)
Divisão de Acesso: Águia de Marabá (1º título)

RONDÔNIA
Campeonato Rondoniense: Genus (1º título)

RORAIMA
Campeonato Roraimense: Náutico (2º título)

TOCANTINS
Campeonato Tocantinense: Tocantinópolis (3º título)
Segunda Divisão: Tocantins de Miracema (2º título)

Região Nordeste:

ALAGOAS
Campeonato Alagoano: CRB (28º título)
Segunda Divisão: Sete de Setembro (2º título)

BAHIA
Campeonato Baiano: Bahia (46º título)
Segunda Divisão: Flamengo de Guanambi (1º título)
Copa do Governador: Fluminense de Feira (2º título)

CEARÁ
Campeonato Cearense: Fortaleza (40º título)
Segunda Divisão: Tiradentes (2º título)
Terceira Divisão: Alto Santo (1º título)
Copa Fares Lopes: Guarany de Sobral (1º título)

MARANHÃO
Campeonato Maranhense: Imperatriz (2º título)
Segunda Divisão: Maranhão (1º título)

PARAÍBA
Campeonato Paraibano: Campinense (20º título)
Segunda Divisão: Esporte de Patos (3º título)

PERNAMBUCO
Campeonato Pernambucano Série A1: Santa Cruz (28º título)
Série A2: Belo Jardim (1º título)

PIAUÍ
Campeonato Piauiense: Ríver (29º título)
Segunda Divisão: Altos (1º título)
Copa Piauí: Parnahyba (1º título)

RIO GRANDE DO NORTE
Campeonato Potiguar: América de Natal (35º título)
Segunda Divisão: ASSU (1º título)

SERGIPE
Campeonato Sergipano Série A1: Confiança (20º título)
Série A2: Dorense (1º título)

Região Centro-Oeste:

DISTRITO FEDERAL
Campeonato Brasiliense: Gama (11º título)
Segunda Divisão: Atlético Taguatinga (1º título)

GOIÁS
Campeonato Goianiense: Goiás (25º título)
Segunda Divisão: Vila Nova (2º título)
Terceira Divisão: ASEEV (1º título)

MATO GROSSO
Campeonato Mato-grossense: Cuiabá (6º título)
Segunda Divisão: Operário Ltda. (1º título)

MATO GROSSO DO SUL
Campeonato Sul Mato-grossense: Comercial (9º título)
Série B: Itaporã (2º título)

Região Sudeste:

ESPÍRITO SANTO
Campeonato Capixaba: Rio Branco (37º título)
Segunda Divisão: Espírito Santo (1º título)
Copa Espírito Santo: Espírito Santo (1º título)

MINAS GERAIS
Campeonato Mineiro Módulo I: Atlético Mineiro (43º título)
Módulo II: Uberlândia (3º título)
Segunda Divisão: Uberaba (1º título)

RIO DE JANEIRO
Campeonato Carioca Rio 450 anos: Vasco da Gama (23º título)
Série B: América (2º título)
Série C: Itaboraí (1º título)
Copa Rio: Resende (2º título)

SÃO PAULO
Campeonato Paulista Série A1: Santos (21º título)
Série A2: Ferroviária (3º título*)
Série A3: Taubaté (2º título)
Segunda Divisão: São Carlos (2º título)
Copa Paulista: Linense (1º título)

Região Sul:

PARANÁ
Campeonato Paranaense Taça Ouro: Operário de Ponta Grossa (1º título)
Taça Prata: PSTC Procopense (1º título)
Taça Bronze: Cascavel CR (1º título)
Taça FPF: Maringá (1º título)

SANTA CATARINA
Campeonato Catarinense Série A: Figueirense (17º título)
Série B: Brusque (3º título)
Série C: Barra (1º título)

RIO GRANDE DO SUL
Campeonato Gaúcho: Internacional (44º título)
Divisão de Acesso: Glória (2º título)
Segunda Divisão: Marau (1º título)
Copa Luiz Fernando Costa FGF: Lajeadense (2º título)
Supercopa Gaúcha: São José (1º título)

COMPETIÇÕES REGIONAIS

Copa Nordeste: Ceará (1º título)
Copa Verde: Cuiabá (1º título)

COMPETIÇÕES NACIONAIS

Série A: Corinthians (6º título)
Série B: Botafogo-RJ (1º título)
Série C: Vila Nova (2º título)
Série D: Botafogo de Ribeirão Preto (1º título)
Copa do Brasil: Palmeiras (3º título)

(*) Há um debate se a criação da Ferroviária SA, que comanda o clube atualmente, foi uma nova fundação. Caso se considere uma nova fundação, é o 1º título da A2 da agremiação.


Visite O Curioso do Futebol:
www.ocuriosodofutebol.com.br



quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Ranking Folha: Bahia segue o melhor do Norte e Nordeste



Fonte: Site oficial do Bahia
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)




O Esquadrão não está na frente de clubes das regiões Norte e Nordeste apenas no ranking nacional recentemente divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Os números apresentados pelo ‘Ranking Folha’, da Folha de S. Paulo, principal jornal do país, também apresentam o mesmo resultado.


Com 399 pontos, 28 a mais que o Sport, o Tricolor de Aço ocupa a 13ª posição na lista de melhores clubes do futebol brasileiro, que é publicada desde 1996.

Os números apresentados pela Folha de S. Paulo estão diretamente ligados a todos os torneios disputados em pelos clubes do Brasil, e não apenas ao Campeonato Brasileiro, ao longo da história.

Para o Bahia, por exemplo,
os desempenhos no Campeonato Baiano, Copa do Nordeste e Copa Sul-Americana são considerados para o cálculo de pontos.


Confira os 15 primeiros:

1º São Paulo – 946
2º Flamengo – 941
3º Palmeiras – 883
4º Corinthians – 862
5º Santos – 843
6º Cruzeiro – 797
7º Vasco – 733
8º Internacional – 724
9º Grêmio – 670
10º Fluminense – 649
11º Atlético Mineiro – 604
12º Botafogo – 505
13º Bahia – 399
14º Sport – 371
15º Ceará – 329






terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Bahia contrata destaque da Série B

Fonte: Site Oficial do Bahia
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)




Luis Gustavo Melere da Silva, o Luisinho, é o segundo reforço do Esquadrão de Aço para a temporada 2016.

Revelado no Paraná, o atacante começou a chamar a atenção na Série B do Campeonato Brasileiro de 2014, pelo Bragantino. Transferido ao Atlético-GO no início de 2015, acabou contratado pelo Santa Cruz para o segundo semestre e se tornou uma das peças-chave para o acesso da equipe pernambucana.

Luisinho, nascido em Curitiba no dia 10 de fevereiro de 1991, chegou a marcar dois gols em cima do próprio Bahia. Ao todo, foram sete na campanha e terminou empatado no ranking de artilharia do Santa com Grafite.

Além disso, destacou-se pela quantidade de assistências: 10. Chegou a virar o “garçom” do campeonato.

O atleta, que comemora seus tentos ajeitando o bigode, assinou contrato por dois anos.




segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Reforma obriga São Paulo a mandar "decisão" da Libertadores longe do Morumbi



Fonte: Futebol Interior
Texto: Alexandre Lozetti
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador-BA (Da redação Itinerante do Esporte Comunitário)

Imagem: Futebol Interior
Time paulistano também pode ter que mandar estreia na fase de grupos em outro estádio



Um dos principais templos do futebol sul-americano, o Estádio do Morumbi não será a casa do São Paulo na Pré-Libertadores. O Tricolor iniciou uma reforma no gramado e terá que usar o Pacaembu no jogo de volta contra o César Vallejo, do Peru, valendo uma vaga na fase principal da Libertadores.

Vice-presidente do clube, Roberto Natel afirmou ao jornal Diário de S. Paulo que as chances de a partida acontecer no Pacaembu são de 90%, mas também descartou a possibilidade do duelo, marcado para o dia 10, acontecer na Arena Barueri.



Existe o risco, ainda, do São Paulo, caso avance, mandar uma partida da fase de grupos também longe do Morumbi. Isto porque a entrega da reforma está marcada para o final de fevereiro, mas durante o período o estádio receberá shows dos Rolling Stones.

Além da troca do gramado e das traves, o São Paulo também fará mudanças para reduzir o tamanho do campo, adotando o padrão FIFA com 105 m de comprimento por 68 m de largura.

MERCADO DA BOLA

Contratações
Não houve contratações no período



São Paulo-SP
GoleirosDenis e Renan Ribeiro


Laterais
Reinaldo, Matheus Reis, Bruno, Carlinhos e Auro

Zagueiros
Breno, Rodrigo Caio, Edson Silva, Luiz Eduardo, Lucão e Lyanco



Volantes
Michel Bastos, Wesley, Thiago Mendes, Hudson e João Schmidt


Meias
Paulo Henrique Ganso, Wilder, Daniel e Centurión


Atacantes
Rogério e Alan Kardec

Técnico
Milton Cruz


Imagem: Futebol Interior