domingo, 22 de novembro de 2015

Vila Nova goleia Londrina e conquista a Série C



Fonte: Site Oficial da CBF
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Arquivo ASES e Google.com.br
Salvador, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)


Foto: Divulgação / Vila Nova FC / Site oficial do Londrina

A missão que parecia impossível foi cumprida com méritos pelo Vila Nova-GO.


Derrotado por 1 a 0 pelo Londrina-PR na partida de ida da decisão da Série C do Campeonato Brasileiro, o Tigre tomou um grande susto no começo do jogo deste sábado (21), no Serra Dourada.


Porém, com o apoio de mais de 40 mil torcedores, o Vila Nova virou o jogo para 4 a 1 e conquistou o título pela segunda vez em sua história – também foi campeão em 1996.

Tudo o que se espera de uma final é a emoção que sobrou nos primeiros minutos do duelo no Serra Dourada.


O Londrina, não acomodado pela vitória em casa na ida, começou atacando e teve uma falta para cobrar na lateral da área aos quatro minutos.

A bola foi alçada e Bruno Batata abriu o placar de cabeça.


A missão do Vila Nova ficou muito mais difícil, mas os jogadores ignoraram isso. 
Dois minutos depois de sofre o gol, Ramires apareceu na área para empatar. Aos 10, veio a virada.

Robston lançou, Moisés matou no peito e mandou no canto.
Os torcedores do Tigre, que chegaram a considerar o título quase impossível, rapidamente recuperaram a confiança.

No segundo tempo, empurrados pelos gritos da torcida, o Vila Nova foi para cima, pressionou e as coisas começaram a dar certo para a equipe goiana.

Em um bate rebate na área, a bola foi cortada pela zaga do Londrina, mas Zotti surpreendeu todo mundo com um chute de primeira que foi no cantinho.


O gol mudou a pressão de lado, mas não a sorte.

Em uma jogada muito bem armada pelo Londrina, Bruno Batata ajeitou de peito e Zé Rafael soltou a bomba no travessão.

O nervosismo e a tensão tomou conta do jogo até o Tigre fazer o quarto no final.

O goleiro Vítor foi para frente para tentar ajudar o ataque, mas o contra-ataque do Tigre foi mortal, e Moisés tocou para as redes desprotegidas.

Vila Nova bicampeão da Série C.