domingo, 22 de novembro de 2015

Quase perfeito, Botafogo conquista a Série B



Fonte: Site Oficial da CBF
Edição: Jorge Luiz da Silva
Imagens: Arquivo ASES e Google.com.br
Salvador, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)

O Botafogo resgatou seu espaço na elite do futebol brasileiro com uma campanha espetacular coroada nesta sexta-feira (20) com o título da Série B.

A equipe, que iniciou o ano sob desconfiança dos torcedores, frustrados pelo rebaixamento de 2014, começou sua trajetória na competição de forma avassaladora, soube superar um momento de turbulência e manteve sua força no segundo turno.

Em apenas oito rodadas o Alvinegro não esteve na liderança, o que comprova o equilíbrio da equipe que saiu da fila de títulos nacionais.
Goleiro da Seleção Brasileira, Jefferson é o paredão e principal nome do time
Foto: Satiro Sodré/Botafogo

Se a base da equipe vice-campeã carioca já era apontada como uma das favoritas à conquista do título, a chegada do meia Daniel Carvalho só reforçou isso.

Jefferson, na parte de trás, e Rodrigo Pimpão, na frente, estavam em grande fase e foram fundamentais para o time ganhar seis jogos e empatar dois nas primeiras oito rodadas.

O Botafogo só perdeu a invencibilidade na nona rodada, quando perdeu por 4 a 2 para o Macaé, mas se recuperou logo em seguida ao atropelar o Sampaio Corrêa com uma goleada por 5 a 0.

Um jogo que marcou a estreia do menino Luís Henrique, de apenas 17 anos, que fez dois gols na partida (foram quatro na Série B).
Depois de Jefferson, Willian Arão é tratado como o melhor jogador do time
Foto: Vitor Silva / SSPress

Na segunda metade do primeiro turno, o Botafogo caiu de produção diante de um pequeno desmanche do elenco.

Saíram três titulares: Pimpão, então artilheiro da competição, Bill e Gilberto.

O técnico René Simões foi demitido, e Ricardo Gomes foi contratado.

A equipe perdeu a liderança, mas em nenhum momento deixou o G-4.
Xodó da torcida, Luís Henrique, de 17 anos, fez quatro gols na Série B
Foto: Vitor Silva / SSPress

O clube foi ao mercado e reformulou o seu ataque trazendo Neílton e Navarro – juntos eles marcaram 15 gols –, destaques na recuperação na virada do turno.

O Botafogo emendou quatro vitórias consecutivas, nove partidas sem perder e voltou a liderar com folga a competição.

Depois do acesso conquistado com antecedência, o time queria a taça para reerguer o clube e encerrar o incômodo jejum de 20 anos sem títulos nacionais. Conseguiram com autoridade..

Navarro foi o artilheiro do time na Série B, com nove gols
Foto: Vitor Silva / sspress

Ronaldo fez o gol que garantiu a volta do acesso do Botafogo à Série A
Foto: Vitor Silva / SS Press / BFR