quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Brasileirão: Gremio se recupera; Palmeiras bate o Flu, que demite o técnico


Fonte: Site oficial da CBF
Texto e edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Arquivo ASES e Google.com.br
Salvador, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)

Arte: Globo Esporte e ASES

O Grêmio continua conquistando muitos pontos nas partidas fora de casa neste Brasileiro.

Nesta quarta-feira (16), no Couto Pereira, o Grêmio venceu por 2 a 1 o Atlético-PR.

Na outra partida de 21h00, o Avaí derrotou o Figueirense por 1 a 0, no Orlando Scarpelli, e passou o rival na tabela.

Mais cedo o Verdão venceu o Fluminense por 4 a 1 de virada e colou no G-4.

Na parte de baixo da tabela, a Ponte Preta bateu o Goiás fora de casa - 2 a 1 -, enquanto o Joinville e Sport empataram em 1 a 1.

Por mandar o jogo no Couto Pereira
, estádio do rival Coritiba, pode-se dizer que o Atlético-PR não estava se sentindo completamente em casa.
A equipe esbarrou na forte marcação do Grêmio, que trocava bons passes quando tinha a bola.

No primeiro tempo, Douglas recebeu livre na área e abriu o placar com um toque na saída do goleiro Weverton.
No começo da etapa final, Luan recebeu de Giuliano e ampliou.
Ewandro ainda diminuiu para o Atlético-PR, mas a reação não teve sequência.

Com mais três pontos, o Grêmio chegou aos 48 e segue na terceira posição.
O Atlético-PR, que tem 38, perdeu a chance de colar no G-4, já que o Flamengo, quarto colocado no momento, tem 41 pontos.

Arte: Globo Esporte

No Orlando Scarpelli, o Avaí bateu o Figueirense e, de quebra, empurrou o rival para a zona de rebaixamento. Renan Oliveira marcou o gol da vitória que levou o Avaí à 15ª posição, agora com 29 pontos. Já o Figueira, que tem 27, é o 17º colocado. A entrada no Z-4 resultou na demissão do técnico Renê Simões.

Depois de uma sequência ruim, o Palmeiras está se recuperando e mostrando que ainda vai brigar por uma vaga na Taça Libertadores.

O Fluminense entrou muito mais ligado que o Palmeiras e mandou no primeiro tempo.
O time carioca abriu o placar aos 37 minutos, quando Jean pegou de primeira uma sobra de bola fora da área.

Depois do intervalo, a tônica do jogo mudou completamente.
Enquanto Fred desperdiçou um pênalti pelo Tricolor, o Alviverde cresceu e empatou o jogo com Lucas Barrios, após bate-rebate na área.
Pouco depois, Gabriel Jesus aproveitou bobeira de Marcos Junior e Diego Cavalieri para virar o jogo.

Nos minutos finais, a defesa do Fluminense voltou a vacilar, Barrios marcou mais dois gols e transformou a vitória em goleada.

Com 41 pontos, o Palmeiras
está empatado com Flamengo e São Paulo na disputa pela quarta posição. Já o Fluminense, ainda não venceu no segundo turno da competição. Com 34 pontos, a equipe acumula seis derrotas e um empate nas últimas sete rodadas.

Depois do jogo, o presidente do Fluminense Peter Siemsen anunciou a demissão do técnico Enderson Moreira. 


No duelo dos preocupados com a zona de rebaixamento, a Ponte Preta levou a melhor sobre o Goiás no Serra Dourada.
Logo aos cinco minutos, a Macaca fez uma bela triangulação que acabou no gol de Biro Biro. O empate do Esmeraldino veio ainda no primeiro tempo, em falta cobrada por Fred com perfeição. Porém, Alexandro deu a vitória ao time de Campinas (SP), que chegou aos 34 pontos e ocupa a 12ª posição.
O Goiás, com 28, é o 15º colocado.

Em Santa Catarina, o Joinville fez 1 a 0 no Sport com Edgard Junior, aos 38 minutos do primeiro tempo. Só que aos 44 da etapa final, André empatou para o Sport.
Sem vencer há seis rodada, o Joinville é o penúltimo colocado, com 23 pontos.
Já o Leão da Ilha do Retiro é o 10º, com 37 pontos.