domingo, 30 de agosto de 2015

Primeira parada da Caravana do Futebol feminino supera expectativas

Texto: Yuri Barreto
Fonte e fotos: Site oficial da FBF
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação Itinerante do Esporte Comunitário)


Cerca de 50 mulheres de diversas cidades compareceram a Santo Antônio de Jesus, na tarde deste sábado (29), com o mesmo objetivo. Todas alimentam o sonho de se tornarem jogadoras profissionais de futebol.
Adolescentes e adultas calçaram suas chuteiras, meiões e entraram em campo para participar da primeira avaliação técnica de futebol feminino da Federação Bahiana de Futebol (FBF). Inovador e pioneiro no país, o projeto foi criado pela entidade para fortalecer e fomentar a prática do esporte entre mulheres no Interior do estado.


Uma equipe de coordenação, designada pela entidade, desembarcou em SAJ, cidade polo do Recôncavo baiano, região escolhida para a primeira parada da caravana. No Estádio José Trindade Lobo, O fundador do Flamengo de Feira Futebol Clube, Edmilson Amorim (Michelinho); o técnico e coordenador do São Francisco, Mário Augusto Filgueiras; e a ex-jogadora da Seleção Brasileira, Solange Bastos assistiram com atenção a apresentação das mulheres.
Ao final de quase três horas de muito futebol, o trio avaliador deu o veredicto final. Sete jovens atletas, sendo uma goleira e seis de linha foram selecionadas para disputar o Baianão Feminino 2015. Elas se juntarão às outras jogadoras a serem selecionadas até o final da caravana. No encerramento, as aprovadas passarão por um sorteio para serem distribuídas entre os clubes participantes do Estadual.


Experiente e comandante do maior campeão baiano da história, Mário Augusto comemorou o início do projeto e revelou que o resultado da primeira etapa superou as expectativas. "É um projeto inovador da Federação Bahiana de Futebol, na pessoa do presidente Ednaldo Rodrigues, de quem sou testemunha da sua luta pelo desenvolvimento do futebol feminino. Estou há 24 anos nesse esporte e digo que esse é um projeto pioneiro. Estamos felizes com a qualidade de meninas que veio em busca dos seus sonhos. Gostamos muito do que vimos. Selecionamos sete, mas isso não quer dizer que as outras não tenham condições. Elas devem continuar batalhando, pois mais oportunidades virão", disse o avaliador técnico e treinador do São Francisco.

Além de toda a organização do evento, a FBF ofertou bolas, coletes, água para hidratação das atletas e ainda designou um trio de arbitragem do seu quadro para comandar as partidas.


Agora, a equipe coordenadora da Caravana do Futebol Feminino se reunirá com a diretoria da FBF para definir o próximo destino do projeto.
O local da próxima parada será divulgado nos próximos dias pela entidade.

*Confira na próxima segunda-feira (31) a galeria de fotos da caravana do futebol feminino