domingo, 28 de dezembro de 2014

Em sete eventos do UFC no Brasil em 2014, atletas da casa levaram vantagem sobre 'gringos'



Fonte e fotos: Super Esportes.com.br
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)



Fãs assistiram a 79 lutas, 21 nocautes, 19 finalizações e 40 vitórias de brasileiros.
Inovafoto (Túlio Kaizer /Superesportes)

Lyoto venceu duas lutas 'em casa' neste ano; na única disputa de cinturão no país em 2014, deu Aldo

Os fãs brasileiros puderam acompanhar de perto sete eventos do UFC durante o ano de 2014. As edições realizadas em Jaraguá do Sul, Natal, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Uberlândia e Barueri, trouxeram vários nocautes, finalizações e combates espetaculares. Ao todo, os torcedores acompanharam 79 lutas em território nacional.


Destes combates, foram 21 nocautes e 19 finalizações, com vantagem para os lutadores brasileiros, que venceram 40 vezes e perderam 26. Aconteceram ainda um empate, uma luta entre dois estrangeiros e 11 duelos de lutadores locais.

Na temporada brasileira os fãs saíram frustrados em quatro eventos, já que a ultima impressão é o que fica. Foram quatro eventos com lutadores do país nocauteados no combate principal. Mauricio Shogun foi derrotado duas vezes, contra Dan Henderson no terceiro round em Natal e Ovince St. Preux, em Uberlândia, no primeiro. Também foram derrotados no primeiro assalto Fábio Maldonado e Antônio Pezão, em São Paulo e Brasília, respectivamente.


No Rio de Janeiro aconteceu o contrário. Os fãs tinham tudo para sair frustrados do Maracanãzinho, pois os lutadores brasileiros perderam seis e venceram cinco combates. Mas a vitória final de José Aldo contra Chad Mendes, valendo o cinturão, fez os fãs esquecerem alguns desempenhos ruins.

Já no último evento do ano, aconteceu a maior 'goleada' dos brasileiros contra os estrangeiros: 8 a 3, com direito a um belo nocaute de Lyoto Machida sobre CB Dollaway com apenas 62 segundos, na luta que fechou a temporada 2014 do UFC.

Confira os números detalhados das sete edições do UFC no Brasil em 2014 e fotos de todas os eventos

79 lutas
21 nocautes
19 finalizações
28 decisões unânimes
9 decisões divididas
1 empate
1 interrupção médica

Placar brasileiros x estrangeiros
40 x 26, com 1 empate

Número de lutas entre brasileiros
11

Número de lutas entre estrangeiros
1



Método de vitória dos brasileiros
10 nocautes
13 finalizações
13 decisões unânimes
4 decisões divididas

Método de vitória dos estrangeiros
9 nocautes
3 finalizações
10 decisões unânimes
4 decisões divididas


UFC Fight Night: Machida x Mousasi

UFC Fight Night: Shogun x Henderson II






Antônio Lopes é anunciado como novo gerente de futebol do Botafogo e exalta chegada



Fonte: Super Esportes.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press (Agência Estado)



Lopes trabalhará ao lado do técnico René Simões e do vice de futebol Antônio Carlos Mantuano
Depois de viver um de seus piores anos na história, o Botafogo tenta juntar os cacos para se reerguer na próxima temporada. Com um novo presidente, Carlos Eduardo Pereira, o clube também está montando uma nova diretoria e na noite de sábado anunciou uma cara bastante conhecida do futebol carioca. Antônio Lopes chega ao time alvinegro como novo gerente de futebol.

"Gostei bastante do convite do Botafogo. É o único clube grande do Rio de Janeiro em que eu ainda não havia trabalhado. Já havia exercido esta função na seleção brasileira, em 2002, quando a equipe conquistou a Copa do Mundo e, recentemente, no Atlético-PR. Volto para o Rio, que é o meu estado, desta vez para o Botafogo. É um grande clube, que qualquer profissional gostaria de vir", declarou.

Presidente eleito Carlos Eduardo Pereira segue montando sua nova diretoria
Foto: Rafael Moraes / Agência O Globo

Lopes trabalhará ao lado do técnico René Simões e do vice de futebol Antônio Carlos Mantuano para tentar tirar o Botafogo da situação em que foi colocado em 2014. Em meio a diversas crises dentro e fora do campo, incluindo uma situação financeira desesperadora e a dispensa de quatro das principais peças do elenco no Brasileirão, a equipe acabou rebaixada à Série B.

Nem o péssimo momento vivido em 2014 pelo clube desanimou Antônio Lopes em sua chegada. "Temos tudo para ajudar o Botafogo a voltar a trilhar no caminho certo, com uma grande temporada em 2015, na luta para trazê-lo de volta à elite do futebol brasileiro. O Botafogo está com muitas dificuldades, mas é um grande clube e vai oferecer condições para o desenvolvimento do trabalho. Em resumo, estou muito feliz."

O novo dirigente botafoguense ainda celebrou justamente a possibilidade de trabalhar ao lado de René Simões, outro anunciado recentemente para reerguer o clube. "Vai ser ótimo estar ao lado do René Simões, já havíamos trabalhado anteriormente. É uma pessoa de excelente nível. Estou feliz por reencontrá-lo e na expectativa de fazer um bom trabalho", comentou.





Neymar é o único brasileiro a aparecer na lista do 'time ideal' divulgado pelo jornal francês L'Équipe



Fonte: Super Esportes.com.br
Fotos: Google
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Atacante já marcou 14 gols em 18 partidas pelo Barcelona na atual temporada.
AFP PHOTO / Ricardo NOGUEIRA (Gazeta Press)

Neymar, atacante do Barcelona, foi o único brasileiro a aparecer na lista do jornal francês
O jornal L’Équipe, que rivaliza com a revista France Football pela audiência do público leitor francês, divulgou neste sábado a lista do ‘time ideal’ de 2014. Na relação dos onze atletas, quatro são do Bayern de Munique, três do Real Madrid e dois do Barcelona. O atacante Neymar, que tem 14 gols em 18 jogos pelo Barcelona na temporada, foi o único jogador brasileiro a constar na listagem.

Os três finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, concedido em parceria com a France Football, aparecem na relação do L'Équipe: Manuel Neuer, no gol, e Lionel Messi e Cristiano Ronaldo na linha de frente. Além de Neuer, outros três jogadores da seleção alemã – tetracampeã mundial no Brasil – também formaram o time, são eles o lateral Lahm, o zagueiro Hummels e o meia Kroos.


Representando a vice-campeã mundial Argentina, eleita a melhor seleção sul-americana em prêmio concedido pela Associação de Imprensa Esportiva da América do Sul, o meio-campista Ángel Dí Maria aparece no meio-campo do ‘time ideal’, fazendo companhia a Toni Kroos e Xabi Alonso. Ao lado do brasileiro Neymar, Dí Maria é a exceção latina diante de tantos atletas europeus.

Únicos representantes da Espanha, seleção que foi campeã mundial na África do Sul e, quatro anos depois sequer passou da fase de grupos no Mundial do Brasil, Sergio Ramos e Xabi Alonso completam a relação, que tem como novidade a presença do austríaco Alaba na lateral esquerda, desbancando o então favorito Marcelo.

Relação completa do ‘time ideal’ do L’Équipe:

Manuel Neuer (Bayern de Munique),
Phillip Lahm (Bayern de Munique),
Sergio Ramos (Real Madrid),
Matt Hummels (Borussia Dortmund)
David Alaba (Bayern de Munique);
Toni Kroos (Real Madrid),
Xabi Alonso (Bayern de Munique)
Ángel Dí Maria (Manchester United);
Lionel Messi (Barcelona),
Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Neymar (Barcelona).





sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Colombiano James Rodríguez é nomeado como melhor jogador da América no ano de 2014


Fonte: Super Esportes.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


James foi o principal nome da melhor campanha da Colômbia na história das Copas.
AFP PHOTO / JAVIER SORIANO (Gazeta Press)

Colombiano foi eleito na premiação concedida pela Associação Internacional de Imprensa Esportiva
Principal nome da melhor campanha da Colômbia na história das Copas do Mundo, o meio-campista James Rodríguez foi o maestro da seleção que chegou às quartas de final de forma inédita do Mundial no Brasil.

Após ser premiado como artilheiro da competição, com seis gols marcados em cinco jogos, o colombiano foi eleito nesta sexta como o melhor jogador da América em 2014, em prêmio concedido pela Associação Internacional de Imprensa Esportiva.


A entrega dos prêmios acontecerá em evento marcado para março de 2015, com sede em Manaus (AM), uma das oito cidades que receberam os jogos do Mundial. Além de James, que venceu como melhor atleta masculino, a compatriota Caterine Ibarguen foi premiada pela medalha de ouro conquistada nos Jogos Centro-americanos e do Caribe na modalidade do salto triplo. O prêmio coletivo foi dado à seleção argentina, eleita como a melhor equipe do continente após o vice-campeonato mundial no Brasil.

Com o destaque obtido na Copa do Mundo, James foi protagonista de uma transação cara que o levou do Monaco, clube da primeira divisão francesa, ao Real Madrid, que havia se tornado o maior campeão europeu ao conquistar a décima Liga dos Campeões no mês de maio. O colombiano chegou como uma aposta promissora da diretoria merengue e logo recebeu a camisa 10, tomando conta do meio-campo ao lado de Kroos – outro que chegou após o Mundial – e Modric.

Após pouco menos de seis meses em Madri, James já conquistou dois títulos pelo Real:
a Supercopa da Espanha, em final diante do Barcelona,
e o Mundial de Clubes da Fifa, em final contra o San Lorenzo, no Marrocos.





quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Renê Simões indica novos nomes à diretoria do Botafogo



Fonte: foxsports.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Renê Simões indicou dois nomes para a diretoria do Botafogo (Foto Arena)

Depois da saída de mais de 20 atletas, Glorioso inicia reformulação no elenco. Treinador indicou o volante Luís Alberto e o meia-atacante Maranhão

O técnico René Simões segue trabalhando para tentar montar o elenco do Botafogo para a próxima temporada. O grupo está bastante reduzido em função das dispensas promovidas pela nova diretoria, além da saída do volante Gabriel e do meia Daniel que conseguiram rescindir o contrato na Justiça, em função dos salários atrasados. Além disso, o zagueiro André Bahia, que estava nos planos do clube, recebeu uma proposta considerada irrecusável, de um clube japonês, e acabou também deixando o Alvinegro.

Para tentar suprir parte dessas ausências, o técnico Renê Simões indicou o volante Luís Alberto e o meia-atacante Maranhão. Luís Alberto, de 31 anos, defende o Kashima Antlers, do Japão, time dirigido pelo técnico brasileiro Toninho Cerezo. O jogador foi revelado pelo Bahia, defendeu São Caetano e Cruzeiro, no Brasil, e depois se transferiu para o exterior. Ele atuou por Nacional e Braga, de Portugal e o Cluj, da Romênia, onde teve seu momento de maior destaque ao marcar o gol da vitória da sua equipe sobre o poderoso Manchester United, em jogo válido pela Liga dos Campeões. Logo depois, voltou à Bahia, para defender o Vitória, último clubes antes da transferência para o Kashima.

Maranhão, de 24 anos, foi comandado por Renê Simões, no Bahia, em 2011. Defendeu o Atlético Paranaense, em 2013, antes de ser contrato para defender o Daejeon Citizen, da Coreia do Sul, atual campeão da segunda divisão do país asiático. Os primeiros contatos com representantes dos dois jogadores já foram feitos por dirigentes alvinegros, mas o assunto só deve se desenvolver após as festas do final do ano.

Barca alvinegra

Desde que o Campeonato Brasileiro terminou, com a queda do Botafogo para a Série B, a nova diretoria que substituiu o grupo comandado por Maurício Assumpção já dispensou 17 jogadores. O time já havia liberado Emerson Sheik, Bolívar, Júlio Cesar e Edílson durante a competição. Daniel e Gabriel deixaram o clube através de medida judicial e André Bahia se transferiu para o Japão. No total, o elenco da equipe de General Severiano ficou sem 24 jogadores, o que está fazendo o técnico Renê Simões, com a ajuda de Carlos Alberto Torres, tentar correr para montar novo grupo antes do início da pré-temporada.

Médicos saem - A equipe médica que trabalhava no Botafogo decidiu não mais prestar serviços ao clube. De acordo com Rodrigo Kaz, coordenador médico, que distribuiu nota à imprensa, as dificuldades para exercer o trabalho foram decisivas para a tomada de atitude. Ele revelou que os médicos alvinegros não recebem salários há sete meses, e criticou as péssimas condições de trabalho oferecidas pelo clube de General Severiano. A diretoria deve contratar outros profissionais para exercer a função.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

"ASES" agradece a todos que contribuíram para o sucesso das competições realizadas




Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)






A Assessoria Esportiva Serrinhense fundada em 01 de julho de 1990, depois de realizar cento e três competições até 25 de maio de 2014, com destaque para o Campeonato Rural, Copa Comunitária, Torneio União, Copa dos Campeões da Zona Rural, Copa Mulher e Copa Masters encerra as suas atividades como entidade organizadora.


E neste final de ano vem a público agradecer a todos aqueles que de certa forma contribuíram para a meta atingida e o consequente sucesso alcançado, proporcionando lazer as comunidades esportivas, gerando receitas para microempreendedores (vendedores ambulantes) e até para grandes empresas instaladas neste município e em municípios vizinhos.
Dando oportunidades para árbitros e dirigentes.
E colocando em atividade atletas com idade de 10 aos 60 anos, em competições infanto-juvenil, Juvenil, Júnior, Adulto e Master.
Criando inclusive a Copa Mulher, realizando quatro edições para enaltecer o futebol feminino.

Grandes revelações aconteceram nas diversas modalidades.

Entre os destaques revelados:


Nádson, Talo e Caculado (Lagoa de Fora);
Beleza e Bica (Fortuna's)
Alysson, Bidão, Pedrinho e Pinga (Alto da Bandeira);
Catinha (Alto da Contenda);
Garrincha e Chapinha (Alto Alegre);
Djalma (Beira do Rio);
Jáu e Pebão (Montanhas);
Dinho Nego e Tyrone (Barrocas);
Ivomário e Liteta (Cedro);
Marcelo, Nenen, Dó, Ronde, e China (Recanto);
Chorão, Cecé e Gilson (Tres Estradas);
Perivaldo (Cruzeiro da Paz);
Totokinho (Mato Grosso);
Fabinho (Levada);
Esso (Licurituba);
Chita e Bilelê (Tanque Grande);
Zé Duke (Subaé);
Cozinho e Dão Gol (Bela Vista);
Rubem (Porteira)



Piu-Piu, Titiuil e Ilma (Malhada do Alto)
Edenilza (Levada)
Ludimila e Keline (Vira-Mão)
Marleide, Perla e Luana Gomes
Poli e Sil (Lagoa de Fora);
Lulu (Mombaça)
e Guere (Recanto).



Os quarentões e cinquentões também se destacaram:

Robério Menezes, Niva, Uédson, Tuca Maya, Soté e Nenga Matos (CSU)
Toinho Beleu, Cesar Tremendão, Jorge Campos e Soninho (Matadouro)
Gene, Ditão e Robério Nascimento (Vale)
Dal, Lino e Atanásio (Sukatão)
Garrinchão, Paulo Bahia e Jango (Sucam)
Lunga, Jorge Batista e Baianinha (Unidos)
entre outros.



Desejamos a todos boas festas
e um próspero e feliz ano novo.
São os votos da Diretoria da ASES e seus familiares








FELIZ NATAL 2014

FELIZ NATAL

ESPECIALMENTE PARA VOCÊ "INTERNAUTA"
QUE ACOMPANHA O NOSSO TRABALHO
ATRAVÉS DO

https://www.facebook.com/jorge.luiz.serrinha

E DOS BLOGS:


Imagem original:
mensagensereflexoes.com.br

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

HOMENAGEM AOS ÁRBITROS DA ASES




Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)






Como forma de agradecer aos homens do apito que contribuíram para a realização das competições esportivas organizadas pela Assessoria Esportiva Serrinhense desde a sua fundação em 01 de julho de 1990 até 25 de maio de 2014, quando foi encerrada a décima segunda edição da Copa Masters no Estádio Municipal Mariano Santana (MARIANÃO), com o confronto de campeões: ACEC 1x1 COPO, resolvemos produzir um vídeo especial.

Muitos tiveram a sua primeira oportunidade em nossas competições.
Outros já acumulavam experiências anteriores.

Os árbitros tiveram chances iguais, proporcionada pelo competente, experiente e inesquecível Diretor, José Nogueira da Silva, o popular Sergipe (falecido).


 A Assessoria Esportiva Serrinhense (ASES) inclusive ofereceu exame médico gratuito para avaliar a saúde de cada um com a colaboração do DR. Augusto Braúna.

Exame odontológico gratuito para avaliar a saúde bucal, com a colaboração do DR. Madeiro.

Testes de avaliação física com a orientação de um programa elaborado por Nelsival Menezes, com intermediação de Robério Menezes e com a colaboração do professor Kako.

Testes teóricos e práticos sobre conhecimentos das regras de arbitragem

Palestras sobre os princípios básicos de arbitragem com a participação do árbitro Lourival Lima Dias Filho (falecido), na sala de reuniões da Biblioteca Pública do Município e a árbitra Rosana Vigas, no auditório da Funasa, em 08/08/2009.


Criamos em 1993 o primeiro encontro entre árbitros e dirigentes com jogo e churrasco de confraternização no final do ano, evento que virou tradição.

Oferecemos em várias oportunidades camisas, pranchetas, apito e bandeiras para os árbitros participantes.

Sempre procuramos aprimorar os conhecimentos dos árbitros por acreditar que sem uma grande atuação não se tem um grande espetáculo esportivo.

Fica registrado aqui o nosso sincero agradecimento.
Que Deus continue abençoando aos que de certa forma deram a sua parcela de colaboração para o sucesso da nossa Entidade.


E aproveitando desejamos a todos boas festas
e um próspero e feliz ano novo.

São os votos da Diretoria da ASES e seus familiares

Clique para assistir o vídeo:






Seleção Feminina empata com os EUA e é penta do Torneio Internacional



Fonte: Site oficial da CBF
Fotos: Mowa Press
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação Itinerante do Esporte Comunitário)




A Seleção Brasileira Feminina empatou com os Estados Unidos em 0 a 0 e se sagrou pentacampeã do Torneio Internacional de Brasília, sendo  o quarto título consecutivo - 2009, 2011, 2012, 2013 e agora 2014.

O título do Torneio Internacional foi conquistado em cima das atuais campeões olímpicas, e o Brasil tinha a vantagem do empate por ter sido primeiro lugar da fase inicial.

O Brasil escolheu o seu adversário da final da competição. Podendo empatar com a China na terceira rodada e mesmo assim ter a vantagem do empate na decisão, a Seleção venceu por 4 a 1. O adversário da final, os Estados Unidos, já tinha sido derrotado na fase de grupo por 3 a 2.

Apesar de precisar apenas de um empate, o início do jogo mostrou que as brasileiras queriam derrotar as americanas mais uma vez. Em menos de cinco minutos já havia um escanteio e uma falta a favor da Seleção.


As americanas pressionavam muito a saída de bola e marcavam desde o campo brasileiro. Mas a Seleção Brasileira conseguia tocar a bola de pé em pé e aos poucos ia chegando à área adversária.

O primeiro tempo acabou 0 a 0. Apesar de ter mais posse de bola, a Seleção não conseguia furar o bloqueio americano.

Na segunda etapa, a seleção dos Estados Unidos teve que sair um pouco mais, pois só a vitória interessava. Eles até tiveram algumas chances, mas a goleira Luciana não deixou a bola passar.

A partida permaneceu equilibrada. As duas seleções tinham oportunidades, mas as goleiras e as zagueiras não deixavam a bola entrar. O Brasil tentou de todos os jeitos: de falta, de escanteio, de cabeça, de voleio, com lançamento, com a bola rolando, e ela não entrou.

Nos últimos três minutos, as americanas sufocaram e tiveram um gol anulado. O 0 a 0 deu o título ao Brasil!


Brasil: Luciana, Poliana, Bruna (c), Mônica e Andressa Alves (Andressinha); Maurine (Tamires), Formiga, Thaisa e Rosana (Beatriz); Debinha e Marta.

EUA: Hope Solo, Rampone, Sauerbrunn, O’Hara, Brian, Klingenberg, Lloyd, Holiday, Chalupny (Krieger), Health (O’Reilly), Wambach (Rapinoe)