domingo, 30 de novembro de 2014

Conquista vence o Jacuipense e é tetracampeão da Copa Governador



Texto: Yuri Barreto. Fonte: Site oficial da FBF
*Com informações de Marcos Mendonça, de Vitória da Conquista
Fotos: Carlos Santana
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA. (Da redação itinerante do Esporte Comunitário)





A Copa Governador do Estado é do Conquista!
Presente em todas as seis finais da competição, o Bode confirmou sua hegemonia ao conquistar, neste domingo (30), seu tetracampeonato.

Diante de mais de 2400 torcedores, no Lomanto Junior, o Alviverde reverteu a vantagem conquistada pelo Jacuipense no jogo de ida e venceu o adversário por 3 a 1 para ficar com mais um título. No primeiro duelo, em Feira de Santana, o Leão do Sisal havia vencido por 1 a 0 e precisava apenas de um empate para chegar ao inédito título.

O meia Rafael Granja foi o nome da partida decisiva.
O camisa 10, que terminou como artilheiro do torneio ao lado do companheiro Brasão, ambos com quatro gols marcados, fez o primeiro e o segundo gol dos donos da casa, aos 7 e aos 22 minutos do primeiro tempo.
Carlinhos, aos 27 da segunda etapa aumentou o placar. Nadson, aos 45, descontou para o time de Riachão do Jacuípe.

Com a vitória, o Conquista volta ao lugar mais alto do pódio da Copa Governador depois de dois anos.

O clube conquistense, campeão em 2010, 2011 e 2012 foi derrotado pelo Bahia de Feira em 2013, quando ficou com o segundo vice-campeonato.

Na primeira edição da competição, em 2009, o Bode também foi vice-campeão, desta vez para o Fluminense de Feira.
 
Além do quarto título, o Conquista carimbou seu passaporte para a Copa do Brasil de 2015. Com muita festa, o elenco alviverde e o presidente do clube, Ederlane Amorim receberam das mãos do diretor de registros e futuro vice-presidente da FBF, Ricardo Nonato, a taça "José Fernandes Carneiro".
 
"Estamos felizes, realizados, pois fizemos as seis finais de seis edições e nos tornamos tetracampeões. Fechamos com chave de ouro, com mais um título importante", comemorou Amorim.


Homenagem - O troféu José Fernandes Carneiro foi uma homenagem da Federação Bahiana de Futebol (FBF) ao ex-administrador do estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana.
 
José Fernandes faleceu no último dia 9 de agosto, vítima de um acidente vascular cerebral seguido de parada cardíaca, aos 64 anos. Figura conhecida e querida por todos no futebol baiano, Fernandes cuidou do Joia da Princesa como se fosse sua verdadeira casa. Foram 20 anos de dedicação a um dos mais importantes estádios de futebol da Bahia.






Visitantes largam na frente na Semifinal do Intermunicipal



Texto: Yuri Barreto. Fonte: Site oficial da FBF
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA. (Da redação Itinerante do Esporte Comunitário)



Foto destaque: Itamarajú Notícias


Visitantes indigestos.
Assim podem ser consideradas Cachoeira e Santaluz depois rodada deste domingo (30), no Intermunicipal 2014.

Mesmo longe de seus domínios, as duas Seleções não tomaram conhecimento do apoio das torcidas adversárias, venceram seus jogos e largaram na frente na semifinal da maior competição de futebol amador do Brasil.

Em Itamarajú, Santaluz fez jus ao status de dona da melhor campanha na classificação geral e venceu a dona da casa por 2 a 0. Com o resultado, a equipe luzense deu um grande passo para chegar à decisão e buscar seu inédito título.

Seleção de Santaluz (Foto:Notícias de Santaluz)

No jogo de volta, no próximo domingo (7), Santaluz poderá perder em casa por até um gol de diferença que ficará com a vaga. Itamarajú, para chegar à final nos 90 minutos restantes, precisará vencer por três gols de diferença, ou forçar uma disputa de pênaltis com um triunfo por dois gols de diferença.

Já Cachoeira foi até Itapetinga e venceu a adversária por 1 a 0. O placar deixou o selecionado cachoeirano em boa vantagem.

Seleção de Cachoeira (Foto: Antas no esporte)


Para chegar à decisão, Cachoeira precisa apenas empatar o confronto de volta, também no próximo domingo (7), diante dos seus torcedores. Itapetinga, por sua vez, precisa vencer por dois gols de diferença para avançar ou por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis.








sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Com presença de clubes e da imprensa, FBF sorteia Grupos do Baianão 2015



Texto: Yuri Barreto. Fonte: Site Oficial da FBF
Fotos: Carlos Santana.
Edição e arte: Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha-BA. (Da redação itinerante do Esporte Comunitário)





Profissionais da imprensa esportiva, dirigentes e representantes de clubes, auditores do Tribunal de Justiça Desportiva (TJDF-BA), árbitros e autoridades do esporte baiano se reuniram, nesta quinta-feira (27), para o "Sorteio dos Grupos do Baianao 2015". O evento foi o primeiro da programação especial preparada pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) para os pouco mais de dois meses que antecedem o início do maior Estadual do Norte/Nordeste.

No Quartel do Exército em Amaralina, na Capital baiana, a entidade deu fim ao sentimento ansiedade que tomava conta dos torcedores e seguidores do futebol baiano para conhecer os grupos da edição 2015 da competição. Os nomes dos 12 clubes foram divididos em seis potes, por ordem de classificação no Campeonato Baiano de 2014. No pote 1 ficaram Bahia e Vitória, campeão e vice-campeão, respectivamente, deste ano. Já no pote 6 ficaram Colo-Colo e Jacobina, campeão e vice da Segunda Divisão e que garantiram acesso à elite.

Apresentado pela jornalista Patrícia Abreu, da TV Bahia, o sorteio definiu os grupos da seguinte forma: No Grupo 1 estarão Bahia, Serrano, Galícia, Juazeirense, Bahia de Feira e Colo-Colo. Já o Grupo 2 terá Vitória, Vitória da Conquista, Jacuipense, Feirense, Catuense e Jacobina.


Vale lembrar que, pela fórmula de disputa, a primeira fase do Baianão 2015 será realizada apenas em jogos de ida, no sistema de grupo contra grupo. Portanto, as equipes do Grupo 1 enfrentarão as do Grupo 2.

Assim, o estadual terá apenas um BAVI na fase de grupos. E o clássico foi motivo para mais uma novidade. O local de disputa do duelo de gigantes foi também sorteado durante o evento. E deu estádio Manoel Barradas, o Barradão. Com isso, Bahia e Vitória se enfrentarão com mando de campo do Rubro-Negro. Já a Arena Fonte Nova, como previamente anunciado pela FBF, receberá o clássico da primeira fase do Baianão de 2016, quando a fórmula de disputa, por lei, terá que ser repetida. Os mandos se inverterão.

Da primeira fase, avançarão para as quartas de final os oito melhores colocados da classificação geral, juntando os dois grupos. Portanto, os oito que marcarem mais pontos seguirão na disputa.


Nas quartas, as agremiações serão divididas em quatro grupos de duas. Já com duelos de ida e volta (1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º), a fase definirá os classificados para a Semifinal, que também terá duelos de ida e volta para definição dos dois finalistas. O campeão e o vice-campeão garantirão vagas nas Copas do Nordeste e do Brasil.


Os perdedores da semifinal se enfrentarão pelo 3º lugar do Baianão. O vencedor terá a opção de escolher se ficará com a vaga na Série D ou na Copa do Nordeste. O quarto colocado, por sua vez, ficará com a vaga na competição que o 3º colocado não escolher. Assim, os quatro melhores do Baianão 2015 serão premiados com vagas em competições realizadas pela CBF.


Já os dois rebaixados para a Segunda Divisão de 2016 serão definidos após dois confrontos, de ida e volta. Os quatro últimos colocados da primeira fase, que não se classificarão para as quartas de final, disputarão o rebaixamento da seguinte forma: 9º x 12º e 10º x 11º.

O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues comentou sobre o evento e a expectativa para o início da disputa. "Agradecemos a presença de todos que compareceram ao evento, presidentes de clubes, auditores do TJD, autoridades, representantes do Governo do Estado. A Federação não tem medido esforços para valorizar o Baianão e proporcionar disputas acirradas e equilibradas dentro de campo. Fizemos uma fórmula diferente, que segue, integralmente, o calendário da CBF. As datas para os Estaduais diminuíram e precisamos trabalhar dentro desse calendário. Buscamos, assim, uma fórmula que não prejudicasse o brilho do Baianão", disse.

É importante destacar que, com a nova fórmula, o Baianão se tornou um dos campeonatos estaduais mais enxutos do país e um dos que mais atendem às reivindicações do movimento Bom Senso Futebol Clube. “Nós tivemos a criatividade de desenvolver um campeonato onde poderemos proporcionar emocionantes jogos. Praticamente, todos os duelos da primeira fase serão verdadeiras finais, vamos ter muito equilíbrio. Além disso, atendemos as reivindicações do Bom Senso, pois os jogadores terão um período maior de férias e de pré-temporada. Agora, cada clube pode se preparar para fazer o seu melhor. Temos certeza que será um Campeonato de sucesso”, destacou o diretor de registros e futuro vice-presidente da FBF, Ricardo Nonato.


Além de Rodrigues e Nonato, a entidade máxima do futebol baiano foi representada pelo presidente da Ceaf-BA, Wilson Paim e outros funcionários e colaboradores.

A tabela completa de jogos do Baianão 2015 será divulgada pela FBF nos próximos dias. A bola começa a rolar a partir de 1º de Fevereiro. Antes, a entidade realizará mais um evento da programação pré-Baianão, que será o Lançamento Oficial da competição, previsto para acontecer no mês de janeiro.

Confira os Grupos da 1ª Fase do Baianão 2015:

Grupo 01:
Bahia
Bahia de Feira
Colo-Colo
Galícia
Juazeirense
Serrano

Grupo 02:
Catuense
Conquista
Feirense
Jacobina
Jacuipense
Vitória






Relator de 'caso Icasa' confirma que tabela pode mudar; América e Atlético-GO seriam 'ajudados'


Fonte: Superesportes.com.br
Informações: OAB-GO
Imagens: Fotos: ASES / Google
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)

Miguel Cançado disse que tabela pode mudar.
E também justificou o motivo do adiamento
do Pleno do STJD. OAB-GO






O julgamento que pode excluir o Icasa da Série B do Campeonato Brasileiro foi adiado para 2 de dezembro (terça-feira).

O clube cearense disputou a competição com uma liminar depois de ser excluído em primeira instância por entrar na Justiça Comum reivindicando a vaga do Figueirense na Primeira Divisão de 2014.

Quinto da Segundona do ano passado, com 59 pontos, o Icasa atestou uma irregularidade na escalação do volante Luan, do time catarinense, num jogo contra o América. O caso, entretanto, acabou prescrevendo e a Procuradoria-Geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva arquivou a denúncia.

Em entrevista à TV Brasil Central, de Goiás, Miguel Cançado, relator do processo, explicou o motivo do adiamento do Pleno. “Como relator, preciso necessariamente estar na sessão. Mas surgiu um compromisso profissional aqui em Goiânia. Como o STJD funciona no Rio de Janeiro, o julgamento teve de ser adiado, pois eu não poderia comparecer”, disse.

Cançado prefere não tomar posições sobre o futuro do Icasa antes de ouvir procuradoria e defesa. “Não posso antecipar o julgamento, pois seria uma leviandade da minha parte como relator do caso e como membro do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Mas é um fato que a procuradoria alega grave e será submetido a uma apreciação do Pleno do STJD em última instância da Justiça Desportiva”.

O relator, entretanto, indica que a exclusão do Icasa tende a mexer na tabela da Série B. Assim, quem venceu ou empatou com a equipe de Juazeiro do Norte automaticamente perderia os pontos referentes aos confrontos.

“Se mantida a decisão da Comissão Disciplinar, que excluiu a equipe do campeonato – não sei se será essa a decisão que o Pleno tomará na próxima sessão –, a consequência é a perda de pontos para os clubes que disputaram com o Icasa. A consequência é uma adequação da tabela do campeonato. Mas eu só posso dizer sobre isso depois do julgamento. Do contrário, estarei fazendo uma antecipação do julgamento, o que é proibido”, finaliza.

O Icasa foi enquadrado no artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva: “Pleitear, antes de esgotadas todas as instâncias da Justiça Desportiva, matéria referente à disciplina e competições perante o Poder Judiciário, ou beneficiar-se de medidas obtidas pelos mesmos meios por terceiro”. A pena determina “exclusão do campeonato ou torneio que estiver disputando e multa de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais)”.

A possibilidade levantada pelo relator

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

América seria um dos beneficiados caso fossem anulados os resultados do Icasa. Perderia apenas o ponto do empate no Independência (foto), por 1 a 1, pela 34ª rodada da Série B

Se uma eventual exclusão invalidasse todos os resultados do Icasa na Série B, a equipe “menos prejudicada” seria a Portuguesa, que não teria nenhum ponto retirado. Só que a Lusa não veria tanto efeito na suposta decisão, visto que soma apenas 25 pontos, 18 a menos que o 16º colocado. Ainda assim, estaria rebaixada.

Outros clubes não tão afetados seriam América e Atlético-GO, com um ponto perdido cada. Vasco, Oeste e Santa Cruz, com dois pontos perdidos cada, sofreriam poucos danos.

Por outro lado, Avaí, Sampaio Corrêa, Paraná Clube e América-RN perderiam seis pontos cada, já que venceram os dois duelos com o Verdão do Cariri.

Em outro cenário, todas as equipes seriam declaradas vencedoras diante do Icasa. Logo, Portuguesa (6 pontos), América (5 pontos), Vasco (4 pontos) e Santa Cruz (4 pontos) se viriam beneficiadas.

Mas com o adiamento do Pleno, a interferência do Icasa na Série B dependerá dos resultados da última rodada, que será disputada no sábado. O Verdão do Cariri receberá o Boa Esporte, em Juazeiro do Norte. Atlético-GO, Avaí e América jogarão, respectivamente, contra Santa Cruz (Serra Dourada-GO), Vasco (Ressacada-SC) e Sampaio Corrêa (Independência).



Como ficaria a tabela da Série B em caso de exclusão do Icasa (até a 37ª rodada)


1 – Joinville – 66 pontos (mesma posição)
2 – Ponte Preta – 64 pg (mesma posição)
3 – Vasco – 61 pontos (mesma posição)
4 – Atlético-GO – 58 pontos (+ 1 posição)
5 – América – 57 pontos (+ 2 posições)
6 – Boa Esporte – 56 pontos (- 2 posições)
7 – Ceará – 54 pontos (+ 1 posição)
8 – Avaí – 53 pontos (- 2 posições)
9 – Santa Cruz – 50 pontos (+ 1 posição)
10 – Sampaio Corrêa – 47 pg (- 1 posição)
11 – Náutico – 46 pontos (mesma posição)
12 – ABC – 45 pontos (mesma posição)
13 – Luverdense – 44 pontos (+ 1 posição)
14 – Oeste – 43 pontos (+ 1 posição)
15 – Paraná – 42 pontos (- 2 posições)
16 – Bragantino – 40 pontos (+ 1 posição)
17 – América-RN – 37 pontos (- 1 posição)
18 – Vila Nova-GO – 26 pg (+ 1 posição)
19 – Portuguesa – 25 pontos (+ 1 posição)
20 – Icasa – 0 pontos (excluído)




quinta-feira, 27 de novembro de 2014

FBF divulga arbitragem da rodada de ida da semifinal



Fonte: Site oficial da FBF
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google / FBF / ASES
Serrinha, BA. (Da redação Itinerante do Esporte Comunitário)



  

No próximo domingo (30), será iniciada a penúltima fase da maior competição de futebol amador do país.
O Intermunicipal 2014 entrará na Semifinal.

Agora, apenas quatro Seleções seguem na disputa.
Dos confrontos entre Itapetinga x Cachoeira e Itamarajú x Santaluz sairão os dois finalistas.

Nesta quinta-feira (27), a Federação Bahiana de Futebol (FBF), através do departamento de arbitragem, divulgou a escala de árbitros que atuarão nas partidas de ida da fase. Os jogos de volta serão realizados no dia 7 de dezembro.

O Presidente da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol da Bahia (CEAF/BA), Wilson Paim, solicita aos Srs. árbitros escalados que, ao tomarem conhecimento das suas escalas, imediatamente comuniquem-se com a FBF, através do telefone (71) 3321-0448 e/ou e-mail (fbf@fbf.org.br) para confirmar presença.

Confira a escala:








Após reunião com clubes, FBF retoma o Baianão Feminino 2014


Fonte: Site oficial da FBF
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)






Uma reunião entre os clubes participantes e a Federação Bahiana de Futebol (FBF) definiu a volta do Baianão Feminino 2014. A competição, que havia sido paralisada na última semana, será retomada no próximo sábado (29).

No encontro, a entidade e as agremiações discutiram sobre os problemas que atrapalharam a sequência da competição, principalmente as partidas que não foram realizadas por motivos diversos, como ausências de ambulâncias e médicos e até de algumas equipes nos jogos.

Na oportunidade, ficou inicialmente definida a remarcação destes confrontos. Porém, a FBF foi informada, durante a reunião, pela Liga Conquistense de Desportos Terrestres, da retirada do apoio ao clube Juventude de Vitoria da Conquista, que atuava no campeonato como a Seleção de Vitória da Conquista.


A diretoria da Liga não ficou satisfeita com o problema provocado pelo clube em um dos jogos. No último dia 19, o Vitória da Conquista se negou a entrar em campo diante do Lusaca, em Mata de São João. A partida iria ser iniciada com atraso, devido à ausência de ambulância no estádio Cândido Soares.

Mas, o árbitro da partida foi informado que a mesma já estava a caminho do local, o que garantiria a realização do duelo. Foi o que fez o árbitro. O jogo teria sido realizado se não fosse o clube conquistense, que preferiu não jogar e requerer os pontos da partida.

Inconformada com a atitude, a Liga Conquistense retirou o apoio e o Vitória da Conquista passou a não ter quem responda juridicamente pela agremiação na competição, o que impossibilita sua permanência. Como o conquista era parte de três dos confrontos que seriam remarcados, a FBF e os clubes chegaram a uma nova decisão: manter apenas a pontuação das partidas que foram realizadas e chegar aos classificados para a Semifinal.

Pela pontuação obtida nos jogos, avançaram de fase, então, o Bahia e o Lusaca, pelo Grupo 1, e o São Francisco e o Vitória, pelo Grupo 2.
Os quatro clubes voltam a campo no sábado, pela rodada de ida da Semifinal.

Às 10h, Vitoria e Bahia fazem o clássico BAVI no Barradão. Já às 15h, Lusaca e São Francisco se enfrentam em Mata de São João.

A rodada de volta ficou programada para o dia 6 de dezembro, com Bahia x Vitória, em Lauro de Freitas, e São Francisco x Lusaca, em São Francisco do Conde. Ambos os jogos decisivos serão iniciados às 15h.
 

Confira a nova tabela, classificação e estatísticas do Baianão Feminino:
 







Atlético Mineiro conquista a Copa do Brasil 2014


Fonte: Site oficial da CBF
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: ASES / Google
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Jogadores do Galo fazem a festa no gramado do Mineirão.
(Foto: Bruno Cantini/Flickr do Atlético-MG)


O Atlético Mineiro é o grande campeão da edição de 2014 da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, no Mineirão, o time alvinegro de Belo Horizonte voltou a derrotar o rival Cruzeiro e conquistou pela primeira vez o troféu da competição nacional. Diego Tardelli marcou o gol da vitória por 1 a 0. Na ida, no Independência, o Atlético venceu por 2 a 0.

Por ter participado da Libertadores do América, o Atlético entrou na Copa do Brasil já na fase das oitavas de final, quando eliminou o Palmeiras com duas vitórias: 1 a 0 e 2 a 0. Nas quartas de final, o adversário foi o Corinthians. Depois de perder na ida por 2 a 0 e sair atrás no jogo de volta, no Mineirão, o Atlético conseguiu uma grande virada ao vencer por 4 a 1.

Na semifinal, o time do técnico Levir Culpi repetiu o feito. Perdeu para o Flamengo na primeira partida por 2 a 0, saiu atrás na volta, no Mineirão, e novamente goleou por 4 a 1. Nesta campanha de oito jogos, foram seis vitórias, duas derrotas, 14 gols marcados e seis gols sofridos.

Foto: Bruno Cantini/Atlético Mineiro

No primeiro tempo, apesar de o Cruzeiro ter a maior necessidade de marcar gols, quem dominou as ações foi o Atlético Mineiro, que desperdiçou quase todas as oportunidades que teve. Quase todas. Já nos acréscimos, Diego Tardelli recebeu cruzamento de Dátolo e, de cabeça, marcou o seu primeiro gol na edição de 2014 da Copa do Brasil: 1 a 0.

Na etapa final, o Atlético mudou a sua postura e passou a esperar mais o Cruzeiro, que teve nos pés de Ricardo Goulart a sua melhor oportunidade. Já o campeão chegou mais perto de balançar a rede em uma linda cobrança de falta do argentino Dátolo, que explodiu no travessão.


Confira as escalações das equipes:

Cruzeiro: Fábio, Ceará (Júlio Baptista), Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique (Willian Farias), Nilton, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (Dagoberto) e Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira.

Atlético Mineiro: Victor, Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca (Pierre), Dátolo e Luan (Maicossuel); Carlos e Diego Tardelli (Eduardo).
Técnico: Levir Culpi.

O presidente da CBF José Maria Marin parabenizou os atleticanos pela conquista do primeiro título da Copa do Brasil.

- A imensa torcida do Atlético merece comemorar esse título, pelos jogos inesquecíveis que o clube fez na competição. Estão todos, jogadores, comissão técnica e dirigentes, de parabéns.






quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Internacional derrota o Vitória por 2 a 1 no jogo de ida da final da Copa do Brasil Sub-20



Fonte: Site oficial da CBF
Imagens: ASES / GOOGLE
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)





Em uma partida muito disputada e com diversas chances de gol para ambos os lados, o Internacional derrotou o Vitória por 2 a 1, no jogo de ida da final da Copa do Brasil Sub-20, no Beira-Rio,em Porto Alegre.

Com o resultado, a equipe gaúcha joga a partida de volta precisando apenas de um empate para conquistar o seu primeiro título na competição.

O Internacional saiu na frente ainda no primeiro tempo.
Após cruzamento da direita, Andrigo abriu o placar.

No início da segunda etapa, Léo aproveitou o rebote do goleiro Jacsson após cobrança de falta e igualou o marcador.

O gol da vitória gaúcha veio nos acréscimos: o artilheiro Bruno bateu cruzado de fora da área e fez 2 a 1. Foi o sétimo gol do atacante na competição.

A partida de volta está marcada para a próxima terça-feira, 2 de dezembro, às 21 horas, no Barradão, em Salvador.