sábado, 31 de maio de 2014

Sukatão, o time que mais empatou na história do Futebol Master de Serrinha


Por: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA. (Da redação itinerante do Esporte Comunitário)




O time que representa o bairro da Cidade Nova participou de 11 edições da Copa Masters de Serrinha.

Já teve o prazer de chegar a fase final de duas, das 12 edições, mas nunca conquistou um título máximo.

Entretanto, é o escrete que mais empatou na história do futebol master organizado pela Assessoria Esportiva Serrinhense.

Foram seis empates pelo escore de 0x0
Quinze partidas terminaram com o placar de 1 a 1.
Quatro duelos chegaram a registrar 2 a 2 no final dos setenta minutos, de cada um.
E o escore de 3 a 3 foi registrado uma vez.

Confira os confrontos:

Sukatão 0x0 Alto da Bandeira (19/03/2006)
Sukatão 0x0 Nova Brasília (20/04/2008)
Trem D´Alegria 0x0 Sukatão (14/03/2010)
Lagoa de Fora 0x0 Sukatão (18/03/2012)
Sukatão 0x0 Sucam (27/05/2012)
Lagoa de Fora 0x0 Sukatão (24/03/2013)

Sukatão 1x1 Vale (13/04/2003)
Matadouro 1x1 Sukatão (10/04/2005)
Sukatão 1x1 Matadouro (05/06/2005)
Sukatão 1x1 Unidos (05/03/2006)
Sukatão 1x1 Trem D´Alegria (02/04/2006)
Cajueiro 1x1 Sukatão (13/03/2011)
Sukatão 1x1 Baú (20/03/2011)
Sucam 1x1 Sukatão (10/04/2011)
Csu 1x1 Sukatão (08/05/2011)
Alto da Bandeira 1x1 Sukatão (22/05/2011)
Bela Vista 1x1 Sukatão (15/02/2009)
Alto da Bandeira 1x1 Sukatão (08/03/2009)
Sukatão 1x1 Vaqueiro (15/03/2009)
Cajueiro 1x1 Sukatão (10/03/2013)
Santa Fé 1x1 Sukatão (07/04/2013)

Unidos 2x2 Sukatão (18/04/2004)
Sukatão 2x2 Alto da Bandeira (22/04/2007)
Sukatão 2x2 Alto da Bandeira (11/05/2008)
Copo 2x2 Sukatão (06/05/2012)

Copo 3x3 Sukatão (09/04/2006)







O Centésimo empate na História do Futebol Master de Serrinha



Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)





O confronto entre Acec e Copo na decisão da décima segunda edição da Copa Masters terminou empatado em 1 a 1.

Esse resultado ficou registrado como o "centésimo empate" na história do futebol master de Serrinha, que começou em 16 de março de 2003.

O primeiro jogo que terminou empatado foi Csu 0x0 Matadouro na segunda rodada da primeira edição da Copa Masters em 23 de maio de 2003.

O placar de 1 a 1 foi o que mais aconteceu. 53 vezes.

PARTE 1 * (1x1)

PARTE 2 * (1x1)


26 vezes.

Times que nunca empataram:
Fim de Carreira
Isabel
Levada
Rec
Rodagem
Santa Bárbara
Santa Cruz
Santana
Tanque Grande
Vila Nova

Clique para conferir os 100 jogos que terminaram com a igualdade no placar.




sexta-feira, 30 de maio de 2014

Cruzeiro lidera e o Coritiba segura a lanterna da Série A


Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)


Ceará tenta chapéu em Petros no Canindé. Foto: Alan Morici / Terra


O Cruzeiro mesmo amargando o tradicional gude preso diante do Timão Paulista continua liderando o Brasileirão, com 16 pontos ganhos.

Fluminense-RJ, Corinthians e Internacional completam o G4, com um ponto a menos.

Segurando a lanterna está o Coritiba-PR com apenas 4 pontos ganhos.

Figueirense-SC, com 4 pontos também, Chapecoense-SC, com 5 e o Flamengo, com 7, completam o Z4.

Confira a Classificação atual:



Líder: Cruzeiro-MG (16 pontos)
Vice-Líder: Fluminense-RJ (15)
3º - Corinthians-SP (15)
4º - Internacional-RS (15)
5º - Goiás-GO (15)
6º - Atlético-MG (14)
7º - Grêmio-RS (14)
8º - São Paulo-SP (13)
9º - Palmeiras-SP (12)
10º - Criciúma-SC (11)
11º - Santos-SP (11)
12º - Atlético-PR (10)
13º - Botafogo-RJ (8)
14º - Bahia-BA (8)
15º - Sport-PE (8)
16º - Vitória-BA (7)
17º - Flamengo-RJ (7)
18º - Chapecoense-SC (5)
19º - Figueirense-SC (4)
20º - Coritiba-PR (4)


Talisca teve uma oportunidade no primeiro tempo, mas cobrou a falta para fora.
Bahia 0x2 Santos
Foto: Romildo Jesus / Agência Lance 



Botafogo e Santos fizeram a alegria dos visitantes na 8ª rodada do Brasileirão


Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)


Arouca teve papel importante no meio-campo da equipe do Santos
Foto: Romildo Jesus / Agência Lance


16 gols foram marcados na 8ª rodada do Brasileirão Série A.
Sendo que os Mandantes balançaram as redes adversárias 9 vezes; enquanto que os visitantes  fizeram os seus torcedores soltar o grito de gol em sete oportunidades.

Os mandantes conquistaram 4 triunfos, já os visitantes venceram apenas dois confrontos.

A igualdade no placar prevaleceu nos outros quatro confrontos.

4 Vitórias Mandantes:
Corinthians-SP 1x0 Cruzeiro-MG
Criciúma-SC 1x0 Coritiba-PR
Atlético-MG 2x0 Fluminense-RJ
Internacional-RS 2x0 Chapecoense-SC

2 Vitórias Visitantes:
Bahia-BA 0x2 Santos-SP
Palmeiras-SP 0x2 Botafogo-RJ

4 Empates:
Goiás-GO 0x0 Vitória-BA
Sport-PE 0x0 Grêmio-RS
Flamengo-RJ 1x1 Figueirense-SC
Atlético-PR 2x2 São Paulo-SP






Goleador do Cruzeiro no topo da artilharia


Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante)


Marcelo Moreno comemora mais um gol pelo Cruzeiro.
Foto: Angelo Pettinati / Agencia Eleven / Gazeta Press

Marcelo Moreno continua no topo da artilharia do campeonato brasileiro da primeira divisão, com 5 gols marcados.
Emerson Sheik, do Botafogo e Ricardo Goulart, também do Cruzeiro estão na sua cola, com apenas um gol a menos.



Confira a lista do goleadores do Brasileirão após os dez confrontos da 8ª rodada

5 GOLS
Cruzeiro - 
Marcelo Moreno

4 GOLS
Botafogo - Emerson Sheik
Cruzeiro - 
Ricardo Goulart

3 GOLS
Atlético-MG - André
Botafogo - Daniel e Zeballos
Corinthians - Jádson
Cruzeiro - Ricardo Goulart
Flamengo - Alecsandro
Fluminense - Rafael Sóbis
Internacional - Wellington Paulista
Palmeiras - Henrique
São Paulo - Luis Fabiano
Vitória - Dinei





2 GOLS
Atlético-MG - 
Dátolo
Atlético-PR - 
Marcelo e Marcos Guilherme 
Chapecoense - 
Tiago Luis
Corinthians - 
Guerreiro
Bahia - 
Anderson Talisca
Botafogo - Zeballos
Corinthians - Romarinho
Coritiba - Alex
Criciúma - 
Silvinho
Cruzeiro - 
Nilton
Flamengo - 
Paulinho
Fluminense - Fred, Wagner e Walter
Grêmio - Barcos e Rodriguinho
Internacional - Aranguiz, D'Alessandro e Rafael Moura
São Paulo - Alexandre Pato, Antônio Carlos, Ganso e Rogério Ceni
Santos - Cícero e Gabriel
Sport - Rithely
Vitória - Marquinhos





1 GOL
Atlético-PR - 
Bady , Cléberson, Cléo, Douglas Coutinho, Dráusio, Éderson e Mosquito
Atlético-MG -
 Diego Tardelli, Dátolo, Fernandinho, Marion e Réver
Bahia - Fahel, Lincoln, Maxi Biancucchi, Pará
Botafogo - 
Bolatti e Wallyson
Chapecoense 
- Dedé e Ricardo Conceição 
Corinthians - Fagner, Gil, Guilherme e Jádson
Coritiba - 
Chico, Norberto e Robinho
Criciúma -
 Fábio Ferreira e Paulo Baier 
Cruzeiro - 
Borges, Júlio Baptista, Souza e Willian
Figueirense - 
Everaldo e Giovanni Augusto
Flamengo - 
Márcio Araújo
Fluminense - 
Chiquinho e Kenedy
Goiás 
- Amaral, Danilo, David, Jackson e Ramon
Grêmio - 
Alán Ruiz, Alex Alves, Erik, Lucas Coelho e Maxi Rodriguez
Internacional - Alan Patrick e Wellington
Palmeiras - Alan Kardec, Leandro, Lúcio, Marquinhos Gabriel e Wesley
Santos - Alan Santos, Arouca, Geuvânio e Lucas Lima
São Paulo -
 Ademílson, Douglas e Lucão 
Sport - 
Ananias, Augusto César, Neto Baiano e Patric 
Vitória - 
José Welison, Souza e Willie

Gol contra (Artilheiros Negativos)
Atlético-PR - Luccas Claro (para o Coritiba)
Figueirense - Nirley (para o Fluminense)
São Paulo - Lucão (para o Fluminense)





Flamengo tropeça feio e Bahia decepciona no encerramento da 8ª rodada do Brasileirão



Por: Jorge Luiz da Silva.
Fotos: Globo Esporte e Futebol Interior
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)


Torcedores se espremem nos alambrados para tentar acompanhar o jogo do Bahia contra o Santos (Foto: Reprodução)


Dois jogos encerraram a oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, na noite desta quinta-feira, dia 29 de maio.

Às 19h30, no Morumbi, em São Paulo, com arbitragem de Thiago Duarte Peixoto (SP), o Flamengo tropeçou diante do Figueirense não passando de um amargo empate pelo escore de um a um.
Alecsandro inaugurou o marcador, aos 20 minutos usando a cabeça; e um minuto depois Everaldo empatou para o Figueirense.


Flamengo
1
x
1
Figueirense

Gols: Alecsandro (20'), Flamengo e Everaldo (21'), Figueirense.
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).
Árbitro Central: Thiago Duarte Peixoto.
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Anderson José de Moraes Coelho (todos de SP)
Renda: R$ 157.555,00. Público: 4.579 pagantes
Cartão Amarelo: Luan (Figueirense)

Flamengo: Paulo Victor; Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Márcio Araújo, Luiz Antonio (Negueba) e Elano (Igor) depois (Lucas Mugni); Paulinho e Alecsandro. Técnico: Ney Franco.

Figueirense: Tiago Volpi; Leandro Silva, Thiago Heleno, Marquinhos e Guilherme Lazaroni (Artur);  Paulo Roberto (Nem), Luan, Marco Antônio e Giovanni Augusto (Vitor Júnior); Ricardo Bueno e Everaldo. Técnico: Guto Ferreira.




No Estádio Joia da Princesa em Feira de Santana diante de um público de quase 17 mil espectadores o Bahia decepcionou mais uma vez.

Apresentando um futebol sem objetividade o tricolor baiano não resistiu ao melhor desempenho do time santista,no segundo tempo e amargou a terceira derrota na competição.

 Na primeira rodada havia perdido para o Cruzeiro e na rodada passada teve que engolir o tradicional gude preso aplicado pelo Fluminense.

As três derrotas aconteceram em Estádios diferentes: Arena Fonte Nova (BA), Arena Barueri (SP) e Joia da Princesa (BA), mas justamente quando o esquadrão esteve na condição de mandante.


Bahia
0
x
2
Santos

Gols: Alan Santos (61'), Lucas Lima (88'), Santos.
Local: Estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana (BA)
Árbitro: Wagner Reway
Assistentes: Paulo Cesar Silva Faria e Fabio Rodrigo Rubinho (todos do MT)
Público: 16.842 pagantes.
Cartões Amarelos: Titi, Guilherme Santos, Henrique (Bahia) Cicinho, Alan Santos (Santos)

Bahia: Marcelo Lomba; Roniery, Demerson, Titi e Guilherme Santos; Fahel, Pittoni (Rafinha) e Talisca; Willian Barbio, Henrique (Erick)(Jean) e Maxi Biancucchi. Técnico: Marquinhos Santos.

Santos: Aranha; Cicinho, Neto (Bruno Uvini), Jubal e Zé Carlos; Alan Santos (Renatinho), Arouca e Lucas Lima; Diego Cardoso, Jorge Eduardo e Gabriel (Giva). Técnico: Oswaldo de Oliveira. 





quinta-feira, 29 de maio de 2014

Nova Brasília fica com a quarta colocação, troféu e bola



Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)





O dirigente Everaldo Antonio de Oliveira inscreveu o time de Nova Brasília, praticamente "em cima da hora", mas terminou sendo uma boa surpresa na décima segunda edição da Copa Masters.

Não chegou a final, no entanto assegurou a quarta posição na tabela de classificação, apresentando um futebol competitivo e leal.

Como premio levou para o seu reduto: uma bola e o troféu em alusão a sua conquista.


A premiação foi fruto da parceria da Assessoria Esportiva Serrinhense, com a Prefeitura Municipal e a Federação Bahiana de Futebol.





Aaps conquista um honroso terceiro lugar na XII Copa Masters



Por: Jorge Luiz da Silva. Fotos: Roberto Pimentel
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)





O escrete da Aaps esteve bem perto de uma decisão inédita, mas segundo se comenta nos bastidores o treinador andou se equivocando na escalação dos onze titulares e isso facilitou as coisas para o Copo, seu adversário direto.

 De acordo com os técnicos de plantão, Sérgio Coco, principalmente não deveria ter ficado no banco de reservas, no duelo de volta no Barrokão, quando o time só precisava de um empate para carimbar o seu passaporte rumo a fase final.
Seu lugar era entre os titulares para que a Aaps pudesse passar pelo time barroquense.


Mas, pelo menos o time conquistou um honroso terceiro lugar e recebeu como premiação, duas bolas, um par de redes e um troféu alusivo a terceira colocação no certame.





Colaboradores e amigos do esporte recebem homenagem no Marianão



Por: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA. (Da Redação Itinerante do Esporte Comunitário)





Após o término do confronto de gigantes entre Acec e Copo, realizado no Marianão, na manhã de domingo, 25, válido pela decisão da décima segunda edição da Copa Masters de Serrinha, alguns colaboradores  e amigos do esporte também foram homenageados com a "Medalha Especial de honra ao mérito", oferecida pela FBF.


O prefeito Osni Cardoso, que esteve representado pelo vice-prefeito Gika.

O Secretário de Cultura Esporte e Lazer do Município, Malcon Greenhalgh

O secretário de Governo e Relações Institucionais, Edvaldo Teixeira

e o desportista Roberto Pimentel, na condição de fotógrafo oficial da Assessoria Esportiva Serrinhense.